F1 - Aston Martin conta com Vettel para renovação: "Seria tolice não mantê-lo"

Mike Crack, chefe da equipe, elogiou ética de trabalho do tetracampeão e 'prometeu' entregar um carro à sua altura

F1 - Aston Martin conta com Vettel para renovação: "Seria tolice não mantê-lo"
Carregar reprodutor de áudio

O chefe da Aston Martin na Fórmula 1, Mike Krack, está interessado em estender o acordo da equipe com Sebastian Vettel para além da atual temporada, dizendo que seria "tolice" não fazê-lo. O contrato do alemão com equipe termina este ano e, quando questionado sobre seu futuro em Ímola, o tetracampeão disse que ainda não tomou uma decisão, embora reconheça que não pode esperar muito para revelar suas intenções.

Ele também deixou claro que a escolha será influenciada pelo progresso que a instável escuderia fará em 2022, observando que "dependerá obviamente de como for este ano, e depois ver a partir daí".

Leia também:

Krack enfatizou que entende que Vettel quer ver a Aston Martin subir no grid antes de assumir um compromisso de longo prazo.

"Não vou falar sobre contratos aqui, mas obviamente se você tem um piloto como ele, que você pode manter motivado dando o carro que merece a qualidade de sua pilotagem, acho que seria tolice não tentar mantê-lo", comentou o dirigente.

"No entanto, entendo 100% seus comentários. Ele quer ver progresso, quer ver o carro avançando, porque ele não é um piloto para lutar por P18, P16 ou o que quer que seja, então eu compreendo completamente seus pensamentos e cabe a nós entregar a ferramenta."

Sebastian Vettel, Aston Martin AMR22

Sebastian Vettel, Aston Martin AMR22

Photo by: Steven Tee / Motorsport Images

Krack, que trabalhou com Vettel em seus primeiros dias na F1 com a BMW Sauber, disse que ficou impressionado com o compromisso do alemão.

"Ele tem uma abordagem muito, muito competitiva, apesar do grande sucesso que sempre teve. Ele tem uma ética de trabalho muito alta que eu realmente aprecio."

"Não há hora do dia em que seja tarde demais para trabalhar ou dar alguma opinião. Desse ponto de vista, é um prazer trabalhar com ele."

"Além disso, é também um cara legal, que entende onde estão nossas limitações no momento, mas sem parar de pressionar e sendo realista sobre o que fazemos."

"Então, é uma questão de tentar mesclar o que achamos que temos que fazer, o que ele acha que temos que fazer e sermos abertos, transparentes, ter boas conversas e seguir em frente."

Depois de cair de nono no grid para 13º na bandeirada da corrida sprint de Ímola, Vettel admitiu que era impossível manter os carros mais rápidos atrás com o que ele tem agora.

"Foi uma pena que havia um trem inteiro atrás de mim!", disse ele quando questionado sobre sua corrida pelo Motorsport.com. "Então, foi um após o outro no final, e eu sofri com os pneus."

"Existem obviamente nossas limitações que conhecemos. E entendemos bem até agora, mas ainda assim, cada volta ajuda. Então, vemos o que podemos fazer no dia seguinte. Não estamos longe dos pontos. Quem sabe o que o tempo trará? Precisamos ser afiados."

Sobre a forma atual da equipe, ele acrescentou: "Tem sido um momento difícil. Acho que não somos os únicos tentando entender onde estamos, tendo limitações e estando tão longe de onde deveríamos estar com o carro".

“Como eu disse, acho que compreendemos agora e temos uma direção, mas leva tempo, obviamente, para colocá-la em prática", concluiu o alemão.

Conheça as origens da rivalidade entre Verstappen e Leclerc

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #175 - Como explicar desempenho constrangedor de Hamilton em Ímola?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Diretor técnico da F1 revela possíveis mudanças aerodinâmicas em 2026
Artigo anterior

Diretor técnico da F1 revela possíveis mudanças aerodinâmicas em 2026

Próximo artigo

Ex-fisioterapeuta revela abordagem pioneira que tornou Senna tão especial

Ex-fisioterapeuta revela abordagem pioneira que tornou Senna tão especial