F1- Batida entre Kimi e Mazepin foi causada por problema na luz de tráfego

Toque entre Kimi Raikkonen e Nikita Mazepin no pit lane de Hungaroring foi causado por falha no sistema de luz de tráfego da Alfa Romeo.

F1- Batida entre Kimi e Mazepin foi causada por problema na luz de tráfego

Apesar de ter acertado Raikkonen, Mazepin não foi o culpado pelo acidente no pit lane durante a relargada do GP da Hungria. A batida entre os dois danificou a Haas do russo que teve que abandonar a corrida.

Logo após o toque, os comissários anunciaram que investigariam o incidente. O resultado foi uma punição de 10 segundos para Kimi por ter saído de maneira insegura dos boxes. A punição fez Raikkonen cair da oitava posição para 11º, que virou um décimo lugar depois que Sebastian Vettel foi desclassificado.

Leia também:

Xevi Pujolar, engenheiro da Alfa Romeo, explicou depois da corrida que o sistema de luz de tráfego usado no pit do finlandês informou erroneamente que ele poderia sair, resultando no contato.

"Com Kimi fazendo seu pit stop enquanto todos estavam saindo ao mesmo tempo, tivemos um problema com a luz de tráfego que não funcionou direito. Ele saiu quando Mazepin estava entrando, infelizmente. Ele mostrou luz verde, vermelha, verde e para o Kimi estava verde, mas deveria ter ficado em vermelho. Nosso sistema falhou", contou Pujolar.

"Nós estávamos OK até a relargada, quando entramos nos pits, eu fui liberado e acertei outro carro, depois fui penalizado", contou Raikkonen. "Daí em diante nossa corrida já estava acabada. É uma droga, nós estávamos em uma boa posição para marcar pontos."

Raikkonen não foi o único piloto da Alfa Romeo a sofrer uma punição. Seu colega de equipe, Antonio Giovinazzi levou um stop and go de 10 segundos por passar do limite de velocidade dos pits. Ele terminou em 13º

O resultado na Hungria causou a queda da Alfa Romeo para o nono lugar no campeonato de construtores, já que a Williams somou dez pontos com um sétimo e oitavo lugar com seus carros.

Pujolar não reclama das punições e vê que ainda há chances de passar da Williams no campeonato. "Seria melhor se estivéssemos na frente, mas temos muitas corridas ainda. Temos que colocar os dois carros no Q2, provavelmente conseguimos fazer isso. Em algum momento, nós conseguiremos pontuar", encerra o engenheiro.

 

compartilhar
comentários
F1- Gasly espera mais "corridas malucas" em 2021 para ter chances de pódio

Artigo anterior

F1- Gasly espera mais "corridas malucas" em 2021 para ter chances de pódio

Próximo artigo

F1- A última atualização da McLaren no bargeboard para o GP da Hungria

F1- A última atualização da McLaren no bargeboard para o GP da Hungria
Carregar comentários