Conteúdo especial

F1: Bi de Verstappen 'perde' para marca de Mansell e recorde de Schumi

Com segundo título mundial conquistado no Japão neste fim de semana, holandês da Red Bull iguala feito de outro ícone do time anglo-austríaco; saiba mais

World Champion Max Verstappen, Red Bull Racing

Neste domingo, Max Verstappen se sagrou bicampeão mundial da Fórmula 1 após vencer o GP do Japão, em Suzuka. Além da mera conquista da taça, o que chamou atenção foi a antecedência com que o título veio.

O editor recomenda:

Com a glória nipônica, o holandês é bi faltando quatro etapas para o fim do campeonato, ou seja, cinco rodadas antes do último GP. Com isso, ele se iguala a outro piloto da Red Bull: Sebastian Vettel, alemão que também se consagrou vencedor de duas temporadas da F1 ao vencer a corrida japonesa em 2011, ano em que o campeão foi igualmente conhecido com quatro provas a serem ainda feitas -- o vice foi Jenson Button, britânico da McLaren, a 122 pontos do às da dominante RBR.

Sebastian Vettel, Red Bull Racing, 2011

Sebastian Vettel, Red Bull Racing, 2011

Photo by: Hazrin Yeob Men Shah

Mas quem conseguiu a façanha de conquistar títulos da F1 com antecedência ainda maior? Apenas dois ícones da elite global do esporte a motor: o britânico Nigel Mansell, campeão de 1992 com a Williams, e o alemão Michael Schumacher, vencedor de 2002 com a italiana Ferrari.

Michael Schumacher, Ferrari, GP da França

Michael Schumacher, Ferrari, GP da França

Photo by: Ercole Colombo

A maior antecedência foi a do Kaiser, que foi pentacampeão com sete rodadas de antecedência, no GP da França, de forma que foram realizadas mais seis corridas com o vencedor da temporada já definido.

Nigel Mansell conversa com jornalistas após ser campeão na Hungria, depois de 14 temporadas na F1

Nigel Mansell conversa com jornalistas após ser campeão na Hungria, depois de 14 temporadas na F1

Photo by: Motorsport Images

Mansell, um dos mais famosos nomes do automobilismo inglês, finalmente se consagrou a bordo da também britânica Williams no GP da Hungria, após o qual foram disputadas mais cinco corridas em 1992.

Verstappen supera Hamilton

Sebastian Vettel, Ferrari, 3rd position, and Sergio Perez, Racing Point, 2nd position, pour Champagne down the back of Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1, 1st position, on the podium

Sebastian Vettel, Ferrari, 3rd position, and Sergio Perez, Racing Point, 2nd position, pour Champagne down the back of Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1, 1st position, on the podium

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Com o título conquistado neste fim de semana em Suzuka, Verstappen ainda supera a maior antecipação de Lewis Hamilton em seus títulos na F1 -- foi em 2020, quando o britânico da Mercedes se sagrou heptacampeão ao vencer o GP da Turquia -- depois, vieram três corridas.

O que pode acontecer com a Red Bull em função da quebra do teto de gastos em 2021?

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com debate se GPs de rua têm de ser revistas na F1 após Singapura

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior F1: Quais possíveis punições para Red Bull por ter excedido teto de gastos?
Próximo artigo RETA FINAL: Bi de Verstappen ameaçado? Red Bull furar teto 'mancha' título de Max? Fiasco da FIA no GP do Japão e mais
Assinar