Fórmula 1 GP do Japão

F1: Verstappen 'iguala' bi de Vettel, mas título de 2011 do alemão segue 'imbatível'; entenda

Veja curiosidades sobre o título do piloto holandês da equipe Red Bull

Race winner and 2022 F1 World Drivers Champion Max Verstappen, Red Bull Racing

Com o bicampeonato mundial consagrado após a vitória no GP do Japão de Fórmula 1 no último fim de semana, Max Verstappen igualou a antecipação registrada por Sebastian Vettel na conquista de um título -- os multicampeões pela Red Bull 'perdem' para o britânico Nigel Mansell e para o alemão Michael Schumacher no quesito --, mas o holandês segue 'atrás' do germânico em outra estatística da categoria.

O editor recomenda:

Embora ambos tenham sido bicampeões de forma consecutiva e antecipada com vitórias em Suzuka (Vettel também conquistou seu segundo título no Japão, após ter levantado sua primeira taça em 2010, em Abu Dhabi), o veterano continua sendo o mais jovem a fazê-lo.

Na corrida nipônica de 2011, Vettel tinha 24 anos, 3 meses e 6 dias. No domingo, Verstappen tinha 25 anos e 10 dias. Quem completa o top 3 é Fernando Alonso, que foi bicampeão da elite global do esporte a motor em 2006, no GP do Brasil, quando tinha 25 anos, 2 meses e 23 dias.

Curiosamente, o piloto espanhol também conquistou seus dois títulos consecutivamente, mas correndo pela Renault, que viria a ser a fornecedora de motores dos títulos de Vettel na Red Bull na F1.

13º piloto com títulos consecutivos na F1

Verstappen se tornou o 13º a ganhar taças seguidamente na F1. Além dele, o italiano Alberto Ascari (1952, 1953); o australiano Jack Brabham (1959, 1960); o francês Alain Prost (1986, 1986); o brasileiro Ayrton Senna (1990, 1991); Schumacher (1994, 1995); o finlandês Mika Hakkinen (1998, 1999); Alonso (2005, 2006) e o britânico Lewis Hamilton (2014, 2015). No entanto, Schumacher posteriormente conquistou cinco títulos consecutivos (2000-2004).

Já Vettel, pela própria Red Bull, enfileirou quatro (2010-2013). Pentacampeão, o argentino Juan Manuel Fangio emendou quatro (1954-1957). Verstappen irá repetir o 'tetra consecutivo'? De todo modo, o holandês se torna 17º piloto com mais de um título, juntando-se a ícones como o escocês Jim Clark, o brasileiro Emerson Fittipaldi e o inglês Graham Hill, todos bicampeões da elite do automobilismo mundial.

TABELA: Relembre todos os campeões mundiais da F1
Piloto Taças Temporadas
Germany Michael Schumacher 7 1994 e 1995 (Benetton), 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004 (Ferrari)
United Kingdom Lewis Hamilton 2008 (McLaren), 2014, 2015, 2017, 2018, 2019 e 2020 (Mercedes)
Argentina Juan Manuel Fangio 5 1951 (Alfa Romeo), 1954 (Maserati/Mercedes), 1955 (Mercedes), 1956 (Ferrari), 1957 (Maserati)
France Alain Prost 4 1985, 1986 e 1989 (McLaren), 1993 (Williams)
Germany Sebastian Vettel 2010, 2011, 2012, 2013 (Red Bull)
Australia Jack Brabham 3 1959 e 1960 (Cooper), 1966 (Brabham)
United Kingdom Jackie Stewart 1969 (Matra), 1971 e 1973 (Tyrell)
Austria Niki Lauda 1975 e 1977 (Ferrari), 1984 (McLaren)
Brazil Nelson Piquet 1981 e 1983 (Brabham), 1987 (Williams)
Brazil Ayrton Senna 1988, 1990, 1991 (McLaren) 
Italy Alberto Ascari 2 1952, 1953 (Ferrari)
United Kingdom Graham Hill 1962, 1968 (BRM e Lotus)
United Kingdom Jim Clark 1963, 1965 (Lotus)
Brazil Emerson Fittipaldi 1972, 1974 (Lotus e McLaren)
Finland Mika Häkkinen 1998, 1999 (McLaren)
Spain Fernando Alonso 2005, 2006 (Renault)
Netherlands Max Verstappen 2021, 2022 (Red Bull)
Italy Giuseppe Farina 1 1950 (Alfa Romeo)
United Kingdom Mike Hawthorn 1958 (Ferrari)
United States Phil Hill 1961 (Ferrari)
United Kingdom John Surtees 1964 (Ferrari)
New Zealand Denny Hulme 1967 (Brabham)
Austria Jochen Rindt 1970 (Lotus)
United Kingdom James Hunt 1976 (McLaren)
United States Mario Andretti 1978 (Lotus)
South Africa Jody Scheckter 1979 (Ferrari)
Australia Alan Jones 1980 (Williams)
Finland Keke Rosberg 1982 (Williams)
United Kingdom Nigel Mansell 1992 (Williams)
United Kingdom Damon Hill 1996 (Williams)
Canada Jacques Villeneuve 1997 (Williams)
Finland Kimi Räikkönen 2007 (Ferrari)
United Kingdom Jenson Button 2009 (Brawn)
Germany Nico Rosberg 2016 (Mercedes)

O que pode acontecer com a Red Bull em função da quebra do teto de gastos em 2021?

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com debate se GPs de rua têm de ser revistas na F1 após Singapura

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior RETA FINAL: Bi de Verstappen ameaçado? Red Bull furar teto 'mancha' título de Max? Fiasco da FIA no GP do Japão e mais
Próximo artigo F1: Equipes não enxergam quebra de teto por parte da Red Bull como algo 'pequeno'

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil