Fórmula 1 GP da Áustria

F1: Binotto nega racha na Ferrari após reportagem de ex-assessor

Chefe da escuderia italiana refutou ideia que time estivesse dividido após GP da Grã-Bretanha

Carlos Sainz, Ferrari, 1st position, celebrates with his team in Parc Ferme

Mattia Binotto rejeitou os relatos de que membros da Ferrari de Fórmula 1 se recusaram a subir ao pódio em Silverstone, depois de verificar se não havia divisão na garagem.

Carlos Sainz conquistou sua primeira vitória na F1 no último domingo no GP da Grã-Bretanha, ultrapassando o companheiro de equipe da Ferrari, Charles Leclerc. A Ferrari optou por colocar Sainz com pneus macios novos, deixando o líder da corrida Leclerc de fora com pneus desgastados devido à sua vantagem de posição na pista.

Leia também:

Leclerc ficou visivelmente desapontado após a corrida e foi visto conversando com o chefe da Ferrari, Binotto, logo após a bandeirada, levando a sugestões de divisão dentro da equipe.

Uma reportagem na mídia italiana, escrita por um ex-assessor de imprensa da Ferrari F1, afirmou que alguns membros da equipe se recusaram a comparecer à cerimônia do pódio ou à foto da equipe em Silverstone devido à frustração com a derrota de Leclerc.

Questionado pelo Motorsport.com sobre a reportagem no sábado na Áustria, Binotto disse que não era verdade, revelando que havia pedido à equipe para verificar se isso não havia acontecido.

"Isso não era verdade", disse Binotto. "Quando ouvi ou li, fiquei surpreso. O que fiz foi verificar, porque nunca se sabe, talvez haja algo que eu tenha perdido. Mas verifiquei e não foi o caso.

"Estou surpreso e mais uma vez decepcionado ao ler que, às vezes, há coisas escritas que não dizem corretamente o que estava acontecendo.

"Sim, a equipe não estava totalmente feliz porque perdemos uma oportunidade após o safety car. Mas estávamos muito felizes por Carlos, que venceu sua primeira corrida, em Silverstone ele fez um fim de semana fantástico.

"Todo o time estava lá torcendo pelo Carlos. Então, sem problemas."

Mattia Binotto, Team Principal, Ferrari

Mattia Binotto, Team Principal, Ferrari

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Câmeras de TV mostraram imagens de Binotto conversando com Leclerc logo após a corrida em Silverstone, nas quais ele parecia apontar o dedo para o piloto da Ferrari.

Leclerc revelou no início desta semana que Binotto voou para Mônaco no intervalo antes de viajar para a Áustria para jantar e conversar mais sobre o assunto, mas disse que era "algo que costumamos fazer".

Leclerc também negou qualquer conversa sobre divergências dentro da Ferrari, dizendo que a equipe estava "extremamente unida".

Binotto disse que o encontro em Mônaco foi "a melhor oportunidade" de ver Leclerc antes de ir para a Áustria, e que eles estavam rindo dos relatos da divisão em Maranello.

"Jantamos, rimos juntos com o que lemos nos jornais, porque sabíamos que estava completamente errado", disse Binotto.

“Ficamos muito felizes em nos encontrar, discutir e tentar seguir em frente e ser construtivos sobre quais podem ser os cenários e a melhor chance de sermos fortes nas próximas corridas”.

Leclerc disse na quinta-feira que Binotto estava inicialmente "bastante irritado" ao ver seu humor após a derrota em Silverstone, mas que seu chefe de equipe estava entendendo suas emoções.

"Quando ele estava indo para a entrevista e eu estava indo para o pódio, eu o vi tão desapontado que lhe disse que ele não deveria, ele deveria ter um sorriso, porque ele é um piloto fantástico, ele é um campeão", explicou Binotto.

"Ele provou mais uma vez em Silverstone o quão forte ele é, e ele fez uma corrida incrível, não apenas no final, depois que o safety car protegeu a posição o máximo que pôde, mas também pela maneira como ele competiu com um carro danificado durante todo o tempo.

"Ele deveria sorrir porque teve azar mais uma vez, mas haverá corridas em que ele poderá provar que é fantástico e pode vencer."

VÍDEO: Dê uma volta completa no Red Bull Ring

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #185 - Ainda há quem resista ao halo após mais duas vidas salvas?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 AO VIVO: Q4 repercute a Sprint Race do GP do Canadá
Próximo artigo F1: Verstappen domina e vence Sprint da Áustria, garantindo a primeira posição do grid no domingo

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil