F1: Binotto também não deve comparecer a GPs do México e São Paulo

Chefe da Ferrari quer evitar longas viagens durante fase decisiva do desenvolvimento do carro de 2022

F1: Binotto também não deve comparecer a GPs do México e São Paulo

Mattia Binotto, chefe da Ferrari, disse que trabalhará de Maranello em mais dois GPs em 2021, com objetivo de seguir o foco no regulamento da Fórmula 1 de 2022. No ano passado, ele ficou de fora do GP do Bahrein e da Turquia para trabalhar da fábrica como um teste para esta temporada, quando as equipes são forçadas a combinar um calendário lotado com um programa de desenvolvimento intensivo para os carros totalmente novos do próximo ano.

O italiano também perdeu a etapa de Abu Dhabi devido a uma doença, entregando as rédeas para o diretor esportivo da escuderia, Laurent Mekies. No domingo, ele disse que também pretende não comparecer às longas viagens aéreas para México e Brasil.

Leia também:

"Esta é uma das corridas que eu queria voltar para casa", disse Binotto. "Obviamente, o calendário mudou algumas vezes desde o início, por isso modifiquei um pouco os meus planos, mas certamente a Turquia era uma das que planejava não ir. Vou pular pelo menos mais duas antes do final da temporada. No momento, penso em México e Brasil."

"O motivo é o que você pode imaginar, são longas viagens, enquanto aqui em Maranello há claramente muito a fazer. É uma equipe inteira para gerenciar de alguma forma, tanto o chassi quanto a unidade de força, e toda a organização."

Charles Leclerc, Ferrari SF21, arrives on the grid

Charles Leclerc, Ferrari SF21, arrives on the grid

Photo by: Steven Tee / Motorsport Images

Binotto diz que sua presença em casa é útil, já que o projeto de 2022 da Ferrari entra em uma fase crucial nos estágios finais de seu processo de design, e ele elogiou Mekies por seus esforços na liderança da equipe na pista de corrida.

"Em termos de desenvolvimento para o próximo ano estamos certamente num período essencial, onde o tempo está cada vez menor", explicou. "Estou feliz por estar aqui [em Maranello]. Na quinta e na sexta, no escritório, posso estar mais focado no que quer que esteja acontecendo. No sábado e no domingo, estou totalmente dedicado ao fim de semana de GP."

"Sinto falta do paddock, mas Laurent Mekies pode fazer um ótimo trabalho. Estou muito feliz com a forma como ele está gerenciando toda a equipe quando eu não estou lá", finalizou.

'TESTE' da RED BULL e ASA NOVA da MERCEDES: Como RIVAIS buscam dar 'PULO DO GATO' no fim da F1 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #138 – Red Bull não sabe o que fazer contra Mercedes após GP da Turquia?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Circuito do Catar terá reformas pontuais para receber F1 em novembro
Artigo anterior

Circuito do Catar terá reformas pontuais para receber F1 em novembro

Próximo artigo

F1 oficializa calendário recorde para 2022; GP de São Paulo será em 13 de novembro

F1 oficializa calendário recorde para 2022; GP de São Paulo será em 13 de novembro
Carregar comentários