Fórmula 1 GP da Holanda

F1 - Binotto volta a defender que Ferrari não precisa mudar após críticas de Rosberg: "É fácil falar quando se olha de fora"

Campeão de 2016 criticou erros da Ferrari ao longo do ano, comparando com o trabalho das equipes nas categorias juniores

Carlos Sainz, Ferrari F1-75

O chefe da Ferrari, Mattia Binotto, respondeu aos comentários do campeão de 2016 da Fórmula 1, que criticou os erros cometidos pelo time, afirmando que equipes de Fórmula 2 e Fórmula 3 fazem melhor. Segundo o italiano, é fácil de criticar quando se está fora, e voltou a defender que não é preciso mudar nada em Maranello.

A Ferrari teve mais um fim de semana difícil, agora no GP da Holanda, com novos erros que comprometeram uma performance melhor. Carlos Sainz vinha lutando contra Lewis Hamilton no primeiro stint até uma parada catastrófica, com um pneu faltando, fazendo com que ele perdesse terreno.

Leia também:

Em outra parada, Sainz acabou punido com 5s por uma liberação perigosa nos boxes em cima de Fernando Alonso. Os dramas de pit stop, junto de outras decisões questionáveis de estratégias, fazem com que a Ferrari seja alvo de críticas sobre o trabalho que vem fazendo.

Rosberg, que estava de comentarista neste fim de semana, foi abertamente crítico, sugerindo que a Ferrari é pior que equipes juniores.

"Meu deus do céu. Mattia Binotto vive dizendo que 'não, não precisamos fazer nenhuma mudança, tudo está indo bem'. Mas quando esse dia virá? Não é possível. Mesmo equipes da Fórmula 2 e da Fórmula 3 fazem um trabalho melhor de estratégia e pit stops do que a Ferrari".

"Você entra nos boxes e não há um pneu ali. Em algum momento, é preciso fazer mudanças".

Mas Binotto não ficou impressionado pelas declarações de Rosberg, e afirma que é fácil demais criticar quando se vê pela televisão, em vez de entender como as coisas funcionam.

Mattia Binotto, Team Principal, Ferrari, Charles Leclerc, Ferrari F1-75

Mattia Binotto, Team Principal, Ferrari, Charles Leclerc, Ferrari F1-75

Photo by: Ferrari

"Primeiro, acho que é fácil falar quando se olha de fora [do paddock]. É fácil de criticar. Mas não mudaremos o pessoal: essa é a minha resposta para Rosberg. Temos ótimas pessoas e já foi provado que o mais importante no esporte é estabilidade, e que garantiremos uma melhora dia a dia, corrida a corrida".

"Temos ótimas pessoas na equipe e não tenho dúvidas disso. São anos de experiência para as equipes estarem na frente, e acho que não há motivos para ser diferente conosco".

Segundo Binotto, o problema no pit stop de Sainz foi causado por uma decisão tardia de trazer o espanhol, tentando evitar o undercut de Hamilton.

"Foi uma decisão muito tardia para reagirmos a Lewis [Hamilton] com Carlos. Foi uma decisão muito tardia. Mas sei que Rosberg deve saber disso, já que é um piloto com muita experiência, que é mais fácil resolver isso do que performance. Esse é o ponto que mais conta na minha visão".

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Mercedes explica por que não parou Hamilton no safety car em Zandvoort
Próximo artigo F1 - Horner diz que Herta é o único substituto para Gasly na AlphaTauri e e vê futuro para americano na Red Bull

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil