F1: Bottas admite que não poderia ser ‘ousado’ fora das pistas quando corria na Mercedes

Após comercial cômico da Uber australiana, finlandês comentou sobre sua nova fase após sair do time da fabricante de origem alemã

Valtteri Bottas, Kick Sauber

Andrew Ferraro / Motorsport Images

Valtteri Bottas admite que não tinha confiança para estrelar anúncios cômicos na TV ou aparecer de cueca enquanto corria pela Mercedes na Fórmula 1.

Antes do GP da Austrália deste fim de semana, Bottas gravou um comercial divertido para a Uber, expressando seu amor pela cultura, comida e moda australiana.

Leia também:

O anúncio foi muito bem recebido, já que Bottas conta com sua nova identidade australiana, fruto de seu relacionamento com a ciclista australiana Tiffany Cromwell. Além disso, Bottas é visto ao lado de Daniel Ricciardo e Oscar Piastri, os autênticos pilotos locais, nas propagandas da corrida de Melbourne.

Bottas reconhece que participar de algo semelhante só foi possível após deixar a Mercedes, pois lhe faltou a confiança necessária.

“Talvez eu tivesse problemas de confiança para fazer algo assim. Mas acho que com um pouco mais de idade, um pouco mais de experiência, aprendi a não me levar muito a sério” disse Bottas.

"Obviamente, tenho uma ligação (com o país) porque a minha cara-metade é australiana e a maior parte do nosso tempo livre é na Austrália. Gosto do estilo de vida, gosto das pessoas."

"Foi divertido gravar o anúncio. A verdade é que foi praticamente assim que saí do avião quando pousei na Austrália. Fiz isso, mas foi muito divertido."

 

"A equipe (de produção) foi muito boa. Eles tiveram a ideia toda. E quando eu vi, pensei, 'Uau, isso é bom.”

Bottas, que se juntou à Sauber na temporada de 2022, está provisoriamente sem contrato no final do ano. Uma opção será permanecer na equipe suíça antes que ela se torne a equipe oficial da Audi em 2026.

Questionado pelo Motorsport.com se ter a capacidade de estrelar anúncios tão alegres influenciará as equipes com as quais deseja negociar, Bottas respondeu: “Acho que todas as equipes já deveriam me conhecer."

“Mas para mim, ainda assim, o carro mais rápido seria a prioridade, mesmo que eu faça todo tipo de outras coisas. Mas no final, para mim, tudo é secundário em comparação à F1.”

Wolffs PROCESSAM FIA; Sainz DE VOLTA e o FUTURO de ALONSO: a F1 na AUSTRÁLIA

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast: Verstappen fora da Red Bull? Drugo tem chances em 2025?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

.

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Hulkenberg crê que todos esquecerão Bearman “em dois dias" se não estiver bem na F2
Próximo artigo F1 AO VIVO: Acompanhe o primeiro treino livre para o GP da Austrália em Tempo Real

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil