F1: Bottas comanda dobradinha da Mercedes no primeiro treino livre nos EUA; Verstappen é 3º

Sessão foi brevemente interrompida no começo devido a problemas na Alpine de Alonso

F1: Bottas comanda dobradinha da Mercedes no primeiro treino livre nos EUA; Verstappen é 3º

Após dois anos longe, a Fórmula 1 volta às Américas, com o GP dos Estados Unidos em Austin abrindo a tradicional sequência de provas no continente. E na primeira sessão de treinos livres do fim de semana, a Mercedes mostrou sua força, mas foi Valtteri Bottas quem terminou à frente de Lewis Hamilton, enquanto Max Verstappen foi o terceiro, a mais de 0s9 do tempo do finlandês.

Completaram o top 10: Charles Leclerc, Carlos Sainz, Pierre Gasly, Sergio Pérez, Lando Norris, Antonio Giovinazzi e Kimi Raikkonen.

Leia também:

 

O final de semana em Austin promete muita emoção, com Hamilton tendo a chance de reassumir a liderança do Mundial em cima de Verstappen. Outro ponto que deve chamar a atenção são as ondulações na pista, alvo de críticas dos pilotos da MotoGP na passagem pelo circuito no início do mês.

E as trocas nas unidades de potência seguem dando o que falar em Austin. Enquanto Vettel e Russell trocam as unidades completas, acarretando em uma punição de largar no fundo do grid, Bottas troca o motor de combustão interno, sendo punido com 5 posições.

Devido ao fato do grid não ter corrido em Austin no ano passado, os pilotos não perderam tempo e já foram à pista assim que foi iniciada a regressiva de 60 minutos.

Mas o primeiro problema do fim de semana veio com menos de três minutos de sessão. A Alpine rapidamente mandou Alonso parar o carro, com o espanhol fazendo isso na área de escape da curva 12. Mas, devido à posição deixada pelo bicampeão, a direção acionou a primeira bandeira vermelha.

 

A sessão foi retomada com 49 minutos ainda no relógio e sem nenhuma volta rápida feita ainda. Os pilotos se dividiam entre pneus macios e médios.

A bandeira amarela apareceu novamente com 40 minutos para o fim. Leclerc perdeu o controle da Ferrari no meio do S e rodou. Por sorte, parou em uma área de escape e conseguiu sair sem problemas. Neste momento, Hamilton liderava com 01min36s812, 0s220 à frente de Verstappen, com Bottas, Norris e Vettel completando os cinco primeiros colocados.

O calor de Austin começou a castigar os pilotos e os carros nos minutos seguintes, com Hamilton falando de superaquecimento dos pneus macios, parando para trocar por compostos médios.

Com metade da sessão transcorrida, Hamilton seguia na ponta com 01min36s381 feita de pneus macios. Em segundo, Pérez a 0s417 , de compostos duros. Norris era o terceiro, com Bottas em quarto e Verstappen completava o top 5, a 0s651 do rival na luta pelo título.

A 15 minutos do fim, a Mercedes mostrava sua força frente à Red Bull. Bottas liderava com 01min34s874, 0s222 à frente de Hamilton, enquanto Verstappen era o terceiro a 0s932 da marca do finlandês, enquanto Leclerc e Sainz completavam o top 5, mas já mais distante dos ponteiros.

Os minutos finais foram marcados por outros incidentes, notavelmente um toque de Sergio Pérez em Mick Schumacher, com o mexicano chamando o piloto da Haas de idiota, e uma rodada de Kimi Raikkonen quando o relógio zerava.

No final, Valtteri Bottas se manteve na ponta até o cronômetro atingir zero. O finlandês foi o mais rápido da sessão com 01min34s874. Em segundo, ficou seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, mas com um tempo mais próximo, apenas 0s045 atrás. Max Verstappen foi o terceiro, terminando a 0s932 de Bottas.

Completaram o top 10: Charles Leclerc, Carlos Sainz, Pierre Gasly, Sergio Pérez, Lando Norris, Antonio Giovinazzi e Kimi Raikkonen.

O grid da F1 volta à pista de Austin nesta sexta para o segundo treino livre para o GP dos Estados Unidos. A sessão está marcada para 17h, horário de Brasília, com transmissão do Bandsports.

E já deixe anotado aí: assim que acabar o TL2 em Austin, tem Sexta-Livre ao vivo no canal do Motorsport.com no YouTube com uma análise completa do primeiro dia de atividades no Texas. Não perca!

Cla # Piloto Equipe Motor Voltas Melhor Volta Dif. Líder
1 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 17 1'34.874  
2 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 18 1'34.919 0.045
3 33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 16 1'35.806 0.932
4 16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 18 1'36.334 1.460
5 55 Spain Carlos Sainz Jr. Ferrari Ferrari 20 1'36.508 1.634
6 10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 18 1'36.611 1.737
7 11 Mexico Sergio Perez Red Bull Honda 20 1'36.798 1.924
8 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Mercedes 11 1'36.855 1.981
9 99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 18 1'36.874 2.000
10 7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 18 1'36.876 2.002
11 63 United Kingdom George Russell Williams Mercedes 19 1'36.966 2.092
12 31 France Esteban Ocon Alpine Renault 22 1'36.970 2.096
13 18 Canada Lance Stroll Aston Martin Mercedes 20 1'36.972 2.098
14 5 Germany Sebastian Vettel Aston Martin Mercedes 20 1'36.982 2.108
15 14 Spain Fernando Alonso Alpine Renault 12 1'37.068 2.194
16 3 Australia Daniel Ricciardo McLaren Mercedes 18 1'37.458 2.584
17 6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 19 1'37.463 2.589
18 22 Japan Yuki Tsunoda AlphaTauri Honda 22 1'37.954 3.080
19 47 Germany Mick Schumacher Haas Ferrari 17 1'38.866 3.992
20 9 Russian Federation Nikita Mazepin Haas Ferrari 19 1'42.239 7.365

F1 AO VIVO: Verstappen PISTOLA, RECADO de Pérez, CÁLCULO de Hamilton, PUNIÇÃO a Vettel e tudo do GP

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #139 – Qual o campeonato da F1 mais emocionante do século?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Bottas troca motor de combustão interna e terá punição no GP dos EUA
Artigo anterior

F1: Bottas troca motor de combustão interna e terá punição no GP dos EUA

Próximo artigo

F1 - Marko: "Seremos campeões com duas vitórias e quatro pódios"

F1 - Marko: "Seremos campeões com duas vitórias e quatro pódios"
Carregar comentários