Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
24 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
31 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
45 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
108 dias

F1: Brundle se diz surpreso com a qualidade da cópia feita pela Racing Point e opina sobre futuro de Vettel

compartilhar
comentários
F1: Brundle se diz surpreso com a qualidade da cópia feita pela Racing Point e opina sobre futuro de Vettel
Por:
, Editor
30 de jul de 2020 13:10

O ex-piloto e comentarista ponderou sobre o debate acerca da Mercedes rosa da Racing Point e deu sua opinião sobre o futuro do tetracampeão

A Racing Point é o grande assunto da temporada 2020 da Fórmula 1, após anunciar que o RP20 foi projetado com base na Mercedes W10 de 2019, em uma questão que traz consequências até hoje com o protesto da Renault. E, para o ex-piloto e comentarista Martin Brundle, é surpreendente o trabalho feito pela equipe nessa cópia.

Desde o início da temporada, a Racing Point viu sua performance melhorando consideravelmente em comparação com 2019, fechando a segunda fila do grid para o GP da Hungria há duas semanas, terminando com Lance Stroll em quarto.

Leia também:

No momento, a equipe é a quarta no Mundial de Construtores, um ponto atrás da McLaren e 13 a frente da Ferrari após três provas.

Brundle ficou muito surpreso ao ver como que a Racing Point conseguiu copiar tão bem a Mercedes de 2019 e entender o carro o suficiente para fazer com que o plano funcionasse.

"Replicar um carro que funciona, é algo que me surpreende", disse Brundle ao Motorsport.com. "Tendo dito isso, eles compram, de modo legítimo, o motor e o câmbio, que lida com a suspensão traseira e outros elementos de suspensão. Eles compram tudo que é possível".

"Há uma quantidade enorme de pontos de referência no carro que eles compram de modo legítimo. E há partes internas, partes de aerodinâmica. Quando eles criaram isso, tiveram que acertar esses detalhes. Então eles fizeram um trabalho extraordinário".

No momento, a FIA está revisando um protesto protocolado pela Renault contra a Racing Point após as provas na Áustria, alegando que os dutos de freio do RP20 representam uma quebra no regulamento.

A Renault sempre quis deixar claro que o protesto também funciona como um esforço para ter respostas da FIA sobre o nível de colaboração permitido entre equipes na F1, acreditando que terá um efeito dominó em modelos futuros.

Brundle disse que é correto questionar a prática após essa melhora considerável, mas está confiante que não há preocupações com relação a legalidade.

"Falando como jornalista, é certo questionar. A FIA viu isso. Acho que, se você comparar os carros, verá que tudo está certo. A FIA analisou tudo e eles ficaram satisfeitos".

"Não acho que cabe a mim dizer. Não usarei palavras como cola, ou que houve transmissão de informação. Isso seria ilegal sob o regulamento. Não acho que eles ousariam fazer isso".

Sebastian Vettel, Ferrari in the press conference

Sebastian Vettel, Ferrari in the press conference

Photo by: FIA Pool

Brundle esclarece confusão criada com entrevista de Vettel

Antes do GP da Hungria, Brundle criou um mar de rumores quando falou durante uma transmissão que Sebastian Vettel havia solicitado uma entrevista. Falava-se sobre o anúncio oficial da Aston Martin, ou uma aposentadoria ou até mesmo uma conversa crítica sobre o relacionamento com a Ferrari.

No final, a entrevista não teve revelações sobre seu futuro e Brundle explicou que, na verdade, houve uma confusão causada pelo modo como ele anunciou a conversa.

"Eu encontrei ele perto do espaço das transmissões na Áustria. Estávamos de máscara, distantes, e ele disse 'vamos fazer uma entrevista'. E eu disse 'ok, vamos falar sobre o que?'. Ele disse 'você escolhe'. E foi isso".

"E eu acabei mencionando sem querer. David Croft me chamou e eu tinha acabado de ouvir alguma coisa sobre Vettel e acabei mandando: 'Desculpa Crofty, não sabia que você iria me chamar. Vettel? Sim, ele acabou de me pedir uma entrevista".

"Obviamente acabou virando para 'Vettel vai aposentar'. Mas não tinha nada demais. Foi culpa minha, porque eu estava no ar do nada".

Mas Brundle não deixou de dar sua opinião sobre o futuro do tetracampeão, reconhecendo que ele deve ficar na F1 apenas se tiver chance de vencer.

"Minha visão é que ele fica se encontrar uma vaga que pode levar à vitória. Ele não vai apenas correr no pelotão do meio".

"No final, acho que ele vai considerar seriamente a opção Racing Point / Aston Martin / Mercedes B".

TELEMETRIA: Barrichello relembra 20 anos da primeira vitória na F1

PODCAST: Bastidores do futuro do GP do Brasil e ambientes de F1 favoritos de Reginaldo Leme

 

Marko reafirma domínio das Mercedes em Silverstone: "Nada mudará"

Artigo anterior

Marko reafirma domínio das Mercedes em Silverstone: "Nada mudará"

Próximo artigo

Rubinho relembra narração de Galvão em primeira vitória na F1: "Era para coroar meu momento maior"

Rubinho relembra narração de Galvão em primeira vitória na F1: "Era para coroar meu momento maior"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Luke Smith