F1 - Caminhão da Ferrari pega fogo rumo a Monza e Sainz detona punição na Holanda: "Achei que tinha salvado a vida de alguém"

Superaquecimento do sistema de freios causou toda fumaça; espanhol precisou retardar saída do pitstop porque mecânico da McLaren entrou na sua frente

Carlos Sainz, Ferrari F1-75, in the pit lane

A 'zica' da Ferrari parece nunca ter fim - inclusive fora do ambiente das corridas. Nesta terça-feira, um caminhão da escuderia de Maranello sofreu um princípio de incêndio quando estava indo da Holanda rumo à Monza para o GP da Itália de Fórmula 1, neste fim de semana.

Leia também:

De acordo com a imprensa italiana, houve um superaquecimento do sistema de freio do reboque e os motoristas, ao verem fumaça saindo da traseira do caminhão, soaram o alarme às 2h da manhã e os bombeiros apareceram para ajudar, ficando por cerca de uma hora - o caminhão estava no estacionamento do aeroporto de Susa (uma comuna italiana região do Piemonte, província de Turim).

O veículo, no entanto, não carregava materiais ligados diretamente aos carros de F1 da Ferrari, mas sim, da equipe. O caminhão foi liberado por volta de 3h da manhã e foi escoltado por parte do trajeto pela polícia de Susa.

Princípio de incêndio caminhão da Ferrari

Princípio de incêndio caminhão da Ferrari

Sainz frustrado com penalização na Holanda

O piloto da Ferrari recebeu uma penalidade de cinco segundos por uma liberação insegura em seu último pitstop na corrida de Zandvoort, quando Fernando Alonso o acertou enquanto ele saía de seu box.

Devido à configuração apertada do pitlane de Zandvoort, e a McLaren fazendo um pitstop em Lando Norris ao mesmo tempo, Sainz inicialmente teve espaço para se juntar ao pitlane após sua parada, mas teve que desacelerar e evitar ações para não atingir os mecânicos da McLaren diretamente na frente dele trabalhando no carro de Norris.

O atraso o colocou no caminho de Alonso e a dupla fez um contato leve, resultando nos comissários da FIA dando ao piloto da Ferrari uma penalidade de cinco segundos que o deixou de quinto para oitavo nos resultados finais da corrida.

Sainz explicou sua opinião sobre a penalidade e sentiu que estava tomando cuidado para evitar bater nos mecânicos da McLaren.

"Antes de tudo eu vi isso no carro e quando eles me soltaram estava claramente seguro com Fernando, mas então eu tive que pisar no freio para não bater em um mecânico da McLaren que colidiu com minha linha de saída e foi essa frenagem que gerou a 'liberação insegura', vamos chamá-la assim", explicou Sainz.

"Se você pode chamar isso [liberação] insegura, porque pensei que tinha salvo a vida de alguém e não gerado uma situação perigosa".

Carlos Sainz, Ferrari F1-75

Carlos Sainz, Ferrari F1-75

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

"Ele [Alonso] bateu em mim porque eu tive que frear, porque um [mecânico] da McLaren correu no meu caminho. Você precisa analisar todas as situações, não? Quando eu fui liberado pelos mecânicos, Fernando estava muito atrás.

"O problema é que havia um cara da McLaren com um macaco correndo para a minha linha de direção e eu tive que frear e não consegui sair do pit direito, mas é minha culpa? É culpa da minha equipe? É um cara com um macaco na McLaren que bateu na minha linha de direção e eu tive que pisar no freio.

 

Ferrari amarela gera memes na internet

Para o GP da Itália, e em comemoração aos 75 anos da escuderia, a Ferrari decidiu lançar uma coleção especial de roupas oficiais da equipe no tom amarelo. Contudo, a blusa lançada foi recebida com muito bom humor nas redes sociais e, claro, inúmeros memes comparando a roupa todas as coisas amarelas no mundo não faltaram!

 

 

 

 

 

 

 

 
 

 

MARI BECKER disseca Hamilton e Alonso, responde sobre HATERS, fala de DRUGO na F1 e avalia LECLERC

PODCAST #193: 'Estilo Briatore' faz com que Piastri chegue à F1 queimado?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Domenicali e chefes de equipe alegam que F1 deve respeitar regras da superlicença em relação a Herta
Próximo artigo F1 - Ferrari pode estar mais leve no GP da Itália, em Monza; entenda

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil