F1: Chefe da Alfa Romeo tem "confiança total" em Bottas após parceria de sucesso nas categorias de base

Fréd Vasseur comparou situação de Bottas com a que ele viu com Leclerc na Sauber em 2018

F1: Chefe da Alfa Romeo tem "confiança total" em Bottas após parceria de sucesso nas categorias de base
Carregar reprodutor de áudio

O chefe da Alfa Romeo, Frédéric Vasseur, está confiante de que seu trabalho anterior com Valtteri Bottas nas categorias de base ajudará a fortalecer a compreensão e confiança na equipe durante a temporada 2022 da Fórmula 1.

Vasseur voltará a trabalhar com Bottas neste ano após a sua saída da Mercedes. Ele foi chefe do finlandês na ART Grand Prix, na Fórmula 3 e GP3, onde foi campeão em 2011, ajudando em sua trajetória até estrear com a Williams na F1 em 2013.

Leia também:

Ele acredita que seu relacionamento anterior com Bottas ajudará a montar a fundação para a nova parceria, agora na F1, de modo similar ao que teve com Charles Leclerc antes de uma bem-sucedida temporada com a então Sauber em 2018.

"É importante ter uma boa relação pessoal, confiança total e uma boa compreensão do outro", disse Vasseur ao Motorsport.com. "Vi isso com Charles no passado: quando você trabalha juntos nas categorias de base, conhece a pessoa por muito tempo. Não é preciso falar muito para entender o que o outro espera".

"O relacionamento construído nas categorias de base é completamente diferente daqueles da F1. Temos muito mais contato".

Bottas swept to 2011 GP3 title for Vasseur's ART squad, and the now-Alfa F1 boss is hoping the renewed partnership can be equally fruitful

Bottas swept to 2011 GP3 title for Vasseur's ART squad, and the now-Alfa F1 boss is hoping the renewed partnership can be equally fruitful

Photo by: Motorsport Images

Vasseur afirmou que, em sua visão, Bottas desabrochará na Alfa Romeo, fora da sombra de Lewis Hamilton após a equipe contratá-lo para ser o líder em um acordo de múltiplas temporadas, tendo ao seu lado o novato Guanyu Zhou.

Bottas ajudou a Mercedes a vencer o Mundial de Construtores nas suas cinco temporadas com a equipe, sendo vice-campeão duas vezes entre os pilotos, com 10 vitórias no total. Enquanto o finlandês tenha sofrido para acompanhar o ritmo de Hamilton ao longo de um ano, muitas de suas vitórias vieram de exibições dominantes, superando o resto do grid.

Questionado se havia visto esses sinais de dominância no passado, Vasseur disse: "Quando você quer encontrar fatores positivos nas categorias de base, você sempre tem como encontrá-los. Mas acho que o seu resumo é bom. Quando tudo está perfeito, ele consegue voar. Ele foi mais rápido que Lewis em alguns finais de semana".

"Ele teve boas corridas na última parte de 2021. Talvez com o fato de já estar contratado e com um novo projeto, tenha ficado mais relaxado. Espero que isso o ajude".

TELEMETRIA DE FÉRIAS: RICO PENTEADO fala tudo sobre NOVO CARRO DA F1 que estreia em 2022

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #157 - Sucesso da F1 na Band e destaques de 2021: entrevista com editor Fred Sabino

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
ANÁLISE: Conheça, em detalhes, a evolução dos volantes da F1, dos anos 1980 até os dias atuais
Artigo anterior

ANÁLISE: Conheça, em detalhes, a evolução dos volantes da F1, dos anos 1980 até os dias atuais

Próximo artigo

CEO da McLaren, Brown diz que F1 está "refém" das principais equipes no teto orçamentário

CEO da McLaren, Brown diz que F1 está "refém" das principais equipes no teto orçamentário
Carregar comentários