F1 - Chefe da Ferrari explica ordem de equipe em Portugal: "Às vezes podem ser necessárias"

Depois de ser orientado a deixar Charles Leclerc passar, Carlos Sainz perdeu posições nos momentos finais da corrida em Portimão, terminando em P11

F1 - Chefe da Ferrari explica ordem de equipe em Portugal: "Às vezes podem ser necessárias"

O chefe da Ferrari, Mattia Binotto, explicou a ordem da equipe para que Carlos Sainz desse passagem a Charles Leclerc no GP de Portugal de Fórmula 1 e disse que orientações "às vezes podem ser necessárias."

Sainz terminou em 11º lugar a terceira etapa da temporada de 2021, em Portimão, neste domingo (02). 

O espanhol liderou as equipes de meio de grid na classificação ao passar Sergio Pérez na volta de abertura. No entanto, após um período de safety car, Sainz perdeu posições para o mexicano e Lando Norris, antes de tentar um jogo de pneus médios no final da volta 21.

Leia também:

Depois de ser orientado a deixar seu companheiro de equipe, Leclerc, passar, o novo piloto da Ferrari perdeu posições nos momentos finais da corrida, terminando em P11, fora da zona de pontuação.

Questionado sobre a ordem da Scuderia dada a Sainz, o chefe da equipe, Binotto, disse: "Digamos que trocar de posição é algo que gostaríamos de evitar, coisas que normalmente não são boas, mas às vezes podem ser necessárias."

"Hoje, sentimos que era por causa de um ritmo diferente e pudemos ver que Carlos estava sofrendo com a granulação dos [pneus] médios."

"Pedimos a ele, ele fez isso imediatamente. Portanto, parece que realmente se relaciona com a maneira como ele entende a mensagem."

"Acho que quando você tem pilotos que entendem quais são as prioridades e que apoiam a equipe, é sempre um prazer", concluiu. 

F1 2021: HAMILTON bate VERSTAPPEN e BOTTAS com vitória DOMINANTE em PORTUGAL após 'susto' | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Oscar das pistas: histórias da F1 que rendem filme

 

.

 

compartilhar
comentários
F1: Red Bull defende que não usou Pérez para atrapalhar Hamilton em Portimão

Artigo anterior

F1: Red Bull defende que não usou Pérez para atrapalhar Hamilton em Portimão

Próximo artigo

F1: Horner vê possibilidade de adoção de voto secreto como "uma vergonha" para a categoria

F1: Horner vê possibilidade de adoção de voto secreto como "uma vergonha" para a categoria
Carregar comentários