F1: Circuito de Jeddah terá modificações para 2022 visando melhorar a segurança

Pista teve problemas com visibilidade no GP de 2021 e mudanças serão feitas no último setor para aperfeiçoar esse aspecto

F1: Circuito de Jeddah terá modificações para 2022 visando melhorar a segurança
Carregar reprodutor de áudio

A administração do circuito de Jeddah, na Arábia Saudita, revelou que fará pequenas revisões em sua pista de Fórmula 1, em uma tentativa de melhorar a segurança no último setor. O local apresentou um evento emocionante na última temporada, mas vários pilotos expressaram preocupações de segurança sobre a seção final, de alta velocidade.

O maior receio foi sobre a visibilidade, as barreiras limitavam o campo de visão em alguns dos trechos rápidos, o que representava o risco dos competidores não conseguirem enxergar o suficiente à frente caso houvesse um acidente.

Leia também:

Falando sobre os últimos desenvolvimentos na pista, o CEO da corrida, Martin Whitaker, explicou que o trabalho será feito para resolver essas preocupações antes do retorno do evento, em março.

"Estamos nos esforçando para melhorar algumas áreas para o nosso segundo GP", explicou. "Primeiro, haverá uma ou duas pequenas mudanças no circuito, que serão diretamente relacionadas à linha de visão dos pilotos. É um trabalho mínimo, mas ajudará a melhorar a visibilidade frontal em algumas curvas."

"Em segundo lugar, faremos algumas pequenas modificações nas barreiras que favorecerão as linhas que os competidores percorrem no percurso", acrescentou.

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Com grande parte da infraestrutura ao redor do local não terminada a tempo da corrida de dezembro do ano passado, o trabalho mais recente deve garantir que as coisas melhorem muito desta vez – especialmente para os fãs presentes no evento.

Whitaker acrescentou: "Há algumas áreas em que estamos em cima para melhorar a experiência dos torcedores que retornarão à pista em março".

"Estamos planejando mudar alguns ângulos das arquibancadas para melhorar a visibilidade e, ao mesmo tempo, queremos aumentar a capacidade e desenvolver as Fan Zones, que se mostraram extremamente populares."

"Tivemos que preparar toda a instalação em um curto espaço de tempo, mas agora com essa pequena diferença para a segunda corrida, estamos melhor posicionados para entender nossas limitações. Devido à nossa localização, não podemos mudar muito porque a pista está posicionada em uma estreita faixa de terra junto ao mar, mas certamente estamos olhando para entrada e saída."

"Devido a esses limites, o gerenciamento de tráfego era um problema e havia características do sistema viário que criavam atrasos desnecessários. Há lições que aprendemos e temos tempo agora para resolver esses aspectos e garantir que todos tenham uma experiência igualmente boa, se não melhor."

O MISTÉRIO de HAMILTON: até que ponto SILÊNCIO de piloto é válido?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #158 – TELEMETRIA DE FÉRIAS: Rico Penteado explica novo carro da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST:

compartilhar
comentários
F1: Verstappen revela capacete de 2022 com detalhes que celebram a conquista do Mundial; veja
Artigo anterior

F1: Verstappen revela capacete de 2022 com detalhes que celebram a conquista do Mundial; veja

Próximo artigo

F1: Destino de Tsunoda está "em suas próprias mãos", diz AlphaTauri

F1: Destino de Tsunoda está "em suas próprias mãos", diz AlphaTauri
Carregar comentários