Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

F1: Conheça as atualizações da Red Bull que deixaram a Mercedes 'para trás'

Enquanto o RB16B foi visto com algumas peças novas na Áustria, a equipe alemã anunciou que já parou de trabalhar no desenvolvimento da sua máquina de 2021

F1: Conheça as atualizações da Red Bull que deixaram a Mercedes 'para trás'

O domínio de Max Verstappen e da Red Bull no GP da Estíria de Fórmula 1 deixou o rival Lewis Hamilton certo de que a Mercedes precisa desesperadamente de algumas atualizações.

Enquanto o RB16B foi visto com algumas peças novas no Red Bull Ring, a Mercedes anunciou que já parou de trabalhar no desenvolvimento da sua máquina de 2021. 

Leia também:

A equipe de Toto Wolff está convencida de que sua abordagem é a melhor para o longo prazo, levando em consideração aos modelos totalmente novos do próximo ano. Por outro lado, isso deixou a 'porta aberta' para a Red Bull liberar ajustes de design que permitiram que Verstappen se afastasse.

Então, vamos dar uma olhada nas adaptações que o time fez em seu carro.

Difusor serrilhado

Para o GP da Estíria, a Red Bull atualizou seu difusor mais uma vez.

O design, que adiciona uma borda serrilhada às abas em formatos similares a um Gurney, estava apenas no canto externo na primeira versão da atualização.

As novas peças que chegaram ao Red Bull Ring viram essas bordas serrilhadas envolverem ainda mais a periferia do difusor, com as duas abas acima da borda de fuga dos difusores apresentando serrilhas do canto externo ao ponto central sob a estrutura de impacto.

Enquanto isso, a seção inclinada ao lado da estrutura de impacto na aba superior com formato semelhante a um Gurney também tem uma fileira de serrilhados (muito parecido com o que vimos a Mercedes fazer no passado).

Os serrilhados são usados para ajudar a gerar uma leve turbulência no fluxo e melhorar a circulação ao redor da borda de fuga do difusor e as abas similares a um Gurney a fim de aperfeiçoar o desempenho geral do difusor.

Red Bull RB16B diffuser detail

Red Bull RB16B diffuser detail

Photo by: Giorgio Piola

A Red Bull tinha peças suficientes à sua disposição apenas para equipar um de seus carros. Com Verstappen liderando o campeonato, foi decidido que ele receberia a atualização primeiro, enquanto Pérez continuaria utilizando a especificação anterior.

Esses pequenos ajustes constantes não passaram despercebidos por Hamilton, já que ele deu a entender que a Mercedes também precisa fazer melhorias para o modelo de 2021.

“Precisamos encontrar algumas melhorias, seja atualizando a asa ou o motor, não sei”, disse.

A equipe alemã teve um início difícil em 2021, encontrando dificuldades nos testes de pré-temporada.

Tendo conseguido resolver esses problemas, quase todos os seus ganhos foram encontrados na configuração e compreensão dos pneus.

Enquanto isso, a Red Bull tem sido implacável, atualizando o RB16B ao longo das oito primeiras corridas para se colocar no topo da classificação.

Além disso, houve sugestões de que está executando seu primeiro conjunto de componentes da unidade de força com uma saída ligeiramente reduzida, devido a uma vibração que se tornou preocupante quando testou o carro pela primeira vez durante os testes de pré-temporada.

No entanto, com a introdução da segunda unidade de potência em sua alocação, o time foi capaz de corrigir esse problema e conseguir um desempenho adicional - considerado em torno de 10-15bhp.

Isso, aliado à sua capacidade de rodar com menos asa traseira, deu à equipe uma vantagem crucial de velocidade em retas sobre a Mercedes.

Mercedes W12 diffuser comparison
Mercedes W12 floor comparison

A Mercedes trouxe apenas desenvolvimentos muito pequenos nesta temporada (além do arranjo específico da suspensão dianteira de Mônaco), sendo a maioria medidas corretivas para os problemas enfrentados durante o teste de pré-temporada. Então, você deve se perguntar se ela tem algum 'truque na manga', especialmente porque ainda não identificamos onde ele gastou suas fichas de desenvolvimento também.

O ano está essencialmente dividido em dois segmentos no que diz respeito ao CFD e à escala móvel do túnel de vento, com 30 de junho representando o ponto de corte.

No primeiro semestre do ano, a Mercedes teve apenas 90% da distribuição CFD/túnel de vento disponível, enquanto a Red Bull teve 92,5%.

Este diferencial de 5% vai agora balançar a favor da Mercedes na segunda metade da temporada, uma vez que é baseado na ordem do campeonato de construtores, e dará à equipe uma vantagem com o design do carro totalmente novo para 2022.

Dado o ônus colocado no desenvolvimento da Red Bull nas primeiras oito corridas da campanha, vamos dar uma olhada no que a escuderia tem feito durante esse período ...

Red Bull Racing RB16B gearbox suspension

Red Bull Racing RB16B gearbox suspension

Photo by: Giorgio Piola

A Red Bull gastou suas duas fichas de desenvolvimento na parte traseira do RB16B, alterando a caixa de câmbio e a suspensão traseira a fim de configurá-las para ser mais aerodinamicamente favorável para as estruturas de fluxo circundantes.

Red Bull Racing RB16B rear suspension

Red Bull Racing RB16B rear suspension

Photo by: Giorgio Piola

Uma nova aleta apareceu na parte inferior da longarina de proteção contra impactos laterais com carenagem aerodinâmica do RB16B durante os testes de pré-temporada

Red Bull Racing RB16B rear suspension

Red Bull Racing RB16B rear suspension

Photo by: Giorgio Piola

Ela seguiu com novas aletas anguladas externamente na junção do assoalho em forma de 'Z' e mais duas logo à frente do pneu traseiro. Essas alterações funcionaram como uma forma de corrigir e reforçar as condições de fluxo pré-existentes na borda do assoalho e como tentativa da equipe de direcionar o fluxo de ar ao redor do pneu traseiro para melhorar o desempenho do difusor.

Red Bull Racing RB16B front nose comparison

Red Bull Racing RB16B front nose comparison

Photo by: Giorgio Piola

Uma borda também foi adicionada à seção da capa que fica abaixo do chassi para 2021, encaixotando em uma área do carro que normalmente permitiria a fusão do fluxo de ar.

Red Bull Racing RB16B new bargeboard detail

Red Bull Racing RB16B new bargeboard detail

Photo by: Giorgio Piola

A Red Bull lançou uma atualização considerável para seu conjunto de bargeboard e matriz de defletor sidepod em Portugal, com atenção para as barbatanas montadas na placa de pé do bargeboard, ambos os elementos verticais na matriz de defletor alterados e as abas venezianas também aumentadas em número e ajustadas de acordo com seu novo ambiente.

The old specification sidepod deflector array arrangement for comparison

The old specification sidepod deflector array arrangement for comparison

Photo by: Giorgio Piola

Red Bull Racing RB16B diffuser detail

Red Bull Racing RB16B diffuser detail

Photo by: Giorgio Piola

A Red Bull também atualizou seu difusor em Portugal, diminuindo a porção central de transição (seta branca) para liberar mais espaço nos canais.

Red Bull Racing RB16B rear detail

Red Bull Racing RB16B rear detail

Photo by: Giorgio Piola

Como comparação aqui está a transição central muito mais ampla que o difusor do RB16B apresentou antes das mudanças.

Red Bull Racing RB16B rear wing comparison

Red Bull Racing RB16B rear wing comparison

Photo by: Giorgio Piola

A agitação em torno da flexão das asas traseiras começou no GP da Espanha, quando a equipe trocou a asa traseira mais tradicional e de mais downforce que usou na sexta-feira para sua solução em forma de colher de menos downforce.

Red Bull Racing RB16B rear wing

Red Bull Racing RB16B rear wing

Photo by: Giorgio Piola

A asa traseira de mais downforce reapareceu em Mônaco, mas ao contrário do resto do pelotão não foi emparelhada com um T-Wing, já que a Red Bull está claramente confortável com o equilíbrio de seu carro este ano.

Red Bull Racing RB16B diffuser comparison

Red Bull Racing RB16B diffuser comparison

Photo by: Giorgio Piola

A atualização do difusor mencionada no GP de Mônaco viu inserções serrilhadas de metal usadas no canto externo para ajudar na extração.

Red Bull RB16B rear wing comparison, Azerbaijan Grand Prix

Red Bull RB16B rear wing comparison, Azerbaijan Grand Prix

Photo by: Giorgio Piola

As asas traseiras estavam sob os holofotes mais uma vez em Baku, já que os novos testes rígidos seriam introduzidos apenas uma etapa depois, na França. A Red Bull introduziu um novo design, porém, mantendo o plano principal em forma de colher, mas com ainda menos carga presente. A escuderia também reverteu para um design de placa final muito simples, com as palhetas, upwash strikes e corte serrilhado removidos.

Red Bull RB16B rear wing comparison, Azerbaijan Grand Prix

Red Bull RB16B rear wing comparison, Azerbaijan Grand Prix

Photo by: Giorgio Piola

Em Baku, o time nos deu um vislumbre de sua opção de downforce ainda mais baixo, ao testar uma aba superior que foi cortada ainda mais nas seções externas durante os treinos livres. No entanto, para a classificação e a corrida, ele voltou a uma borda de fuga mais convencional, embora sem o flap semelhante a um Gurney mostrado na ilustração principal.

F1 2021: Verstappen DOMINA o GP DA ESTÍRIA, com Hamilton em um DISTANTE segundo | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Sequência de corridas até férias da F1 será chave para campeonato?

 

compartilhar
comentários
F1: Alpine confirma estreia de Zhou no TL1 do GP da Áustria

Artigo anterior

F1: Alpine confirma estreia de Zhou no TL1 do GP da Áustria

Próximo artigo

F1: Mercedes investiga se configuração "maluca" prejudicou equipe na Áustria

F1: Mercedes investiga se configuração "maluca" prejudicou equipe na Áustria
Carregar comentários