F1: Conheça fator que foi fundamental no acordo entre Aston Martin e Honda

"Não é somente um caso da Aston Martin precisar de nós. Nós também queremos trabalhar com eles", disse o presidente da Honda Racing Corporation

A Honda anunciou nesta quarta-feira (24) que retornará oficialmente à Fórmula 1 em 2026 em uma parceria de fornecimento de motores com a Aston Martin, após o fim da relação atual com a Red Bull. E apesar da montadora japonesa afirmar ter recebido "ótimas" propostas de equipes sobre um acordo para o futuro, um fator foi importante na tomada de decisão pelo time britânico.

Esse arranjo, similar ao que a Honda tinha com a Red Bull até o fim de 2021, vem após a montadora confirmar seu interesse em fornecer motores para a nova era da F1, inicialmente sem anunciar parceiros.

Leia também:

Refletindo sobre como as negociações progrediram desde o anúncio da Honda em novembro do ano passado, a montadora revelou que várias equipes expressaram o desejo de fechar uma parceria. Toshiro Mibe, presidente e CEO da Honda, disse que foram várias abordagens, mas a Aston surgiu como a melhor opção.

"Fomos abordados por várias equipes, tivemos muitas discussões, debatendo se queríamos ou não participar em 2026. E nisso recebemos ótimas propostas de várias equipes. Mas, em particular, a oferta da Aston Martin, a determinação deles de vencer de qualquer forma nos tocou. Achamos que a visão e a paixão deles é bem similar à nossa".

Koji Watanabe, presidente da Honda Racing Corporation, revelou que as negociações com a Aston Martin começaram em janeiro. Mas, segundo ele, foi a visita à nova fábrica da equipe de Silverstone mais cedo neste ano, que levou à tomada de decisão. Lawrence Stroll investiu mais de R$1,2 bilhão no projeto.

"Tivemos discussões com múltiplas equipes para entender o futuro. Em meio às várias conversas, vimos que a Aston tinha a paixão maior pela conquista do título. Fiquei pessoalmente honrado em visitar a fábrica e ver os investimentos em várias áreas, incluindo pessoal".

"Eles também nos deram uma boa revisão das nossas habilidades de motor, então não é somente uma caso da Aston Martin precisar de nós. Nós também queremos trabalhar com eles".

Honda with Astion Martin Racing F1 Team

Honda with Astion Martin Racing F1 Team

Photo by: Aston Martin Racing

Enquanto a atitude da Aston impressionou a Honda, a equipe tenta manter os pés no chão sobre o progresso que precisa ser feito até a chegada da montadora em 2026.

Martin Whitmarsh, CEO da Aston Martin Performance Technologies, disse: "Temos que seguir humildes. Sabemos que há muito a ser conquistado, a aprender com a Honda e de desenvolvimento pessoal".

"Mas neste esporte, sem uma paixão real, desejo e fome e determinação para vencer, você não terá sucesso. Somos o pináculo do esporte a motor mundial. É extremamente competitivo. Temos uma determinação absoluta, Lawrence, eu e os demais membros, e estamos aqui para vencer".

"A Honda tem a mesma paixão, e eles são vencedores. É por isso que ficamos atraídos por essa oportunidade. Então determinamos um objetivo: vencer em 2026 e vencer consistentemente depois. É uma batalha difícil, mas acho que estamos determinados a sermos bem competitivos".

ANÁLISE: Qual o 'tamanho' do 2023 de Alonso?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: Aston-Honda na F1 2026: Detalhes, como RBR/Merc são impactadas e 'fator Alonso'

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Red Bull desiste do plano de vender AlphaTauri
Próximo artigo ANÁLISE F1: "Incompatibilidade" com Mercedes levou Aston Martin ao acordo com Honda

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil