F1: Coulthard e Ralf Schumacher sugerem que Raikkonen deve parar

Ex-pilotos de Escócia e Alemanha criticaram o finlandês de 41 anos pela batida com Vettel no Red Bull Ring

F1: Coulthard e Ralf Schumacher sugerem que Raikkonen deve parar

Após seu envolvimento no acidente com o alemão Sebastian Vettel, da Aston Martin, no GP da Áustria, o finlandês Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, vem sendo alvo de críticas de ex-pilotos da Fórmula 1.

Inclusive de seu ex-companheiro David Coulthard, com o qual o 'Homem de Gelo' correu na McLaren entre 2002 e 2004 -- Raikkonen bateu o escocês em duas das três temporadas em que dividiram os boxes do time britânico.

O editor recomenda:

“Eu tinha 37 anos quando parei”, disse Coulthard, que hoje tem 50 anos e atua como comentarista de F1. “De repente, você começa a cometer erros e não quer admitir que a culpa é sua. Mas é isso."

“Também noto que tem a ver com falta de concentração, especialmente no final das corridas. Também vimos isso com Michael Schumacher em seu último ano”, completou o escocês, que foi rival do alemão no fim dos anos 1990.

O irmão do heptacampeão mundial, por sua vez, foi outro a falar sobre Raikkonen. Ralf Schumacher, que correu por Jordan (1997 e 1998), Williams (1999 a 2004) e Toyota (2005 a 2007), criticou duramente o vencedor da temporada 2007 (pela Ferrari) pelo incidente com Vettel. “Foi totalmente sem sentido da parte de Kimi. Ele apenas entrou direto no carro de Vettel. O que ele fez foi constrangedor”, afirmou o alemão à Sky Sports Germany.

O finlandês, aliás, admitiu sua culpa na batida. “Basicamente, foi meu erro, eu estava verificando algo no volante, trocando uma chave que errei ao sair da última curva, então tive que trocá-la de novo e bati nele, então claramente foi meu erro”, disse Kimi após a corrida.

Já o chefe de equipe da Alfa Romeo (antiga Sauber), Frédéric Vasseur, foi questionado sobre a possibilidade de Raikkonen permanecer na equipe em 2022 -- o finlandês corre pelo time ítalo-suíço desde 2019 e estreou na F1 pela escuderia em 2001.

"Ainda é muito cedo para discutir sobre isso (renovação). Mas estamos trabalhando juntos. Temos muitas corridas em sequência e acho que vamos discutir tudo isso juntos na parte final da temporada. Não antes disso", respondeu o dirigente em entrevista coletiva.

RAIO-X F1 2021: Comparamos VERSTAPPEN e HAMILTON em TODAS as sessões; ENTENDA vantagem do HOLANDÊS

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual é o tamanho da temporada de Norris até agora?

 

.

compartilhar
comentários
F1: Schumacher na McLaren? Saiba como Michael ficou perto da equipe

Artigo anterior

F1: Schumacher na McLaren? Saiba como Michael ficou perto da equipe

Próximo artigo

F1: Entenda como a maior atualização de 2021 mostra a ambição da Aston Martin

F1: Entenda como a maior atualização de 2021 mostra a ambição da Aston Martin
Carregar comentários