Fórmula 1 GP da Itália

F1: De Vries escapa de punições, revela noite em claro e conselho de Verstappen

Piloto holandês teve fim de semana “dos sonhos”, que foi agitado do início ao fim

Nyck de Vries, Williams FW44

Nyck de Vries escapou com uma reprimenda depois de ser convocado pelos comissários da FIA após sua primeira corrida de Fórmula 1 no GP da Itália, por uma "condução errática".

O holandês passou quase toda a corrida se defendendo de Zhou Guanyu. O chinês estava a um segundo de De Vries na maior parte da corrida, mas não conseguia atacar o substituto de Alex Albon, quando os dois foram pegos em um trem DRS atrás de Pierre Gasly.

Leia também:

O horário do incidente citado pelos comissários foi registrado às 16h15, horário local, sob o período do safety car, no final da corrida.

Isso se deve a um momento em que de Vries parou repentinamente atrás de Gasly, tendo reduzido sua velocidade para permanecer acima do 'tempo delta', o tempo mínimo que todos os pilotos devem correr para tais condições.

Tendo ouvido as evidências de de Vries e a Williams, os comissários o repreenderam e nada mais, tendo aceitado que o piloto não estava completamente familiarizado com todos os sistemas do carro e não recebeu conselhos da equipe.

Noite em claro e conselho

De Vries admitiu que "passou a noite inteira acordado" antes de sua estreia na F1. O holandês terminou sua corrida de estreia em nono.

“Todas as últimas 24 horas foram apenas um sonho”, disse o piloto. "Eu realmente não tive muito tempo para pensar, porque tudo estava muito apressado. Eu tive um sono muito ruim, foi de excitação para nervosismo e eu não ousei nem olhar para o meu rastreamento de sono, porque basicamente passei a noite inteira acordado.

"Mas talvez tenha me ajudado. Eu não conseguia pensar e tinha que continuar com o trabalho.

De Vries esteve perto de receber uma penalidade de limite de pista na corrida, que ele disse que foi devido ao "equilíbrio de alta velocidade".

"No início da corrida eu não estava muito feliz com o equilíbrio de alta velocidade", acrescentou. "E isso meio que me forçou sempre a abrir mais as curvas. Eu tive dificuldades para virar o carro, especialmente nas duas Lesmos.

“Então, com o tipo de ajuste para a segunda parte, senti que o equilíbrio estava em uma janela melhor e isso me ajudou a ser mais limpo e seguro nos limites da pista”.

De Vries disse que o compatriota e vencedor do GP da Itália, Max Verstappen, lhe ofereceu alguns conselhos "gentis" antes de sua primeira largada e "agradece" o apoio que teve de vários pilotos no fim de semana.

"Ele foi gentil", disse de Vries quando perguntado o que Verstappen disse a ele no grid. "Tivemos algumas mensagens ontem à noite, ainda esta manhã. Lewis [Hamilton] me parabenizou, todos foram muito solidários e muito gentis.

"Max veio até mim e disse 'vai ficar tudo bem, vai ser bom, você vai ficar bem'. Basta ter um bom começo e passar'.

“Então, agradeço o apoio e também sou muito agradecido a todos os fãs que me votaram como piloto do dia”.

PODCAST #194 - Qual será o futuro de Felipe Drugovich?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Wolff 'resgata' Masi ao elogiar fim do GP em Monza: "É assim que deve ser”
Próximo artigo F1: Ferrari critica FIA e 'justifica' vaias a Verstappen em Monza

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil