Últimas notícias
Fórmula 1 GP da Hungria

F1: Rumores indicam que 3 equipes ultrapassaram o limite de custos em 2022; Domenicali fala em punições esportivas

Até o final de julho, a FIA concederá o selo verde aos times que passaram nas verificações do limite de custos, mas há uma dúvida bem fundamentada de que, mais uma vez, há equipes que não cumpriram o Regulamento Financeiro

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19, Charles Leclerc, Ferrari SF-23, Carlos Sainz, Ferrari SF-23, Lando Norris, McLaren MCL60, Lance Stroll, Aston Martin AMR23, o resto do campo

A Fórmula 1 está entrando em uma fase muito quente, não apenas por causa de um verão europeu meteorologicamente escaldante, mas também por conta da espera pelo feedback do limite de custos. De acordo com rumores, a FIA deve entregar um 'selo verde' às equipes que estiverem dentro dos limites estabelecidos pelo regulamento financeiro.

Leia também:

Contudo, há conversas que sussurram dúvidas sobre três equipes. E isso significaria que, caso comprovado, assim como no ano passado, a categoria teria que lidar com a controvérsia sobre quem não respeitou as restrições financeiras.

Se em 2022 as sanções foram econômicas, pois foi o primeiro ano em que a nova estrutura regulatória entrou em vigor, agora o cenário mudou, porque as dez equipes estão cientes de como foi correto agir para cumprir os rigorosos limites financeiros.

"O controle está nas mãos da FIA", disse Stefano Domenicali em uma entrevista exclusiva ao Motorsport.com. "Pessoalmente, o que eu pedi foi antecipar o mais rápido possível a publicação das investigações realizadas pela equipe da Federação Internacional, mas só digo isso porque, dessa forma, não damos margem a especulações e comentários que não fazem bem a ninguém".

Stefano Domenicali, CEO, Formula 1

Stefano Domenicali, CEO, Fórmula 1

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Sobre a sanção aplicada à Red Bull no ano passado, Domenicali acredita que, caso se repita o cenário de alguma equipe ultrapassando o teto orçamentário, as punições precisam ser aplicadas dentro da esfera esportiva. 

"Eu gostaria que a penalidade, no caso de uma infração, fosse esportiva, é algo que pedimos muito claramente. Há três regulamentos a serem respeitados, esportivo, técnico e financeiro, e qualquer infração deve ser punida com medidas esportivas. Não se pode ir em outra direção".

Ricciardo de volta à F1 e de Vries demitido! Red Bull injusta? O que será de Pérez?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate impacto do 'ressurgimento' da McLaren na F1 2023

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Horner confirma Pérez na Red Bull para 2024; Ricciardo quer vaga do mexicano em 2025
Próximo artigo F1 – Steiner rasga elogios a Pietro após teste: “Ele é sempre muito bom”

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil