F1: Horner confirma Pérez na Red Bull para 2024; Ricciardo quer vaga do mexicano em 2025

Christian Horner confirma que Sergio Pérez será companheiro de equipe de Max Verstappen na Red Bull na temporada de 2024 da F1, mas que Ricciardo está mirando essa vaga em 2025

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, and Sergio Perez, Red Bull Racing, 1st position, in Parc Ferme after the Sprint race

A mudança de Daniel Ricciardo para a AlphaTauri no lugar de Nyck De Vries reabriu os rumores e o debate sobre o companheiro de equipe de Max Verstappen em 2024 na Red Bull. No entanto, Christian Horner foi direto ao confirmar que Sergio Pérez permanecerá como seu piloto no próximo ano.

Leia também:

Falando no podcast F1 Nation sobre o dia de testes da Pirelli de Ricciardo com a Red Bull em Silverstone, o diretor elogiou o nível do australiano após vários meses como piloto reserva, mas reiterou sua confiança em Pérez, que tem contrato de dois anos e, portanto, tem vaga para 2024.

No momento, embora sejam equipes irmãs, Daniel Ricciardo está emprestado à AlphaTauri, e Horner diz que, além das doze corridas restantes até o final da temporada, não há nada. "No momento, há apenas algo fixo até o final da temporada. Portanto, ainda não há pensamentos ou expectativas depois disso. Entregamos Daniel à AlphaTauri até o final do ano. É claro que Max e Checo serão nossos pilotos novamente em 2024", esclareceu o britânico. "Mas é sempre bom ter talento por trás deles."

Ricciardo não descartou que esteja pensando em ir para a Red Bull em 2024 e, de fato, sugeriu que a opção da AlphaTauri pode ser dar um passo para trás para depois dar dois para frente. Horner, no entanto, acredita que 'Ric' está, na verdade, mirando o ano seguinte, 2025, quando o contrato atual de Sergio Pérez termina: "Acho que Daniel quer competir pela vaga na Red Bull em 2025. Essa é sua meta de ouro. Acho que ele vê a AlphaTauri como a melhor maneira de conquistar a vaga para 2025."

Ricciardo arriscou seu retorno no teste da Pirelli

A AlphaTauri anunciou a substituição de Nyck no mesmo dia em que Ricciardo estava, em teoria, ajudando a Red Bull e a Pirelli a desenvolver pneus. No entanto, Horner revelou que era justamente a chance de voltar à equipe titular que estava em jogo: "Antes do teste, houve uma conversa com Daniel, do tipo: 'Se tudo der certo, você estaria disposto a pilotar para a AlphaTauri? Porque com Nyck as coisas não estão indo como esperávamos, você aceitaria esse desafio? E ele disse: 'Com certeza'. Ele estava disposto a dar um passo atrás para tentar dar dois passos à frente."

E falando sobre o desempenho do australiano, ele admitiu que o fez lembrar do que aconteceu há uma década, quando a Red Bull estava procurando o sucessor de Mark Webber. "O que mais me impressionou quando fui assistir ao teste foi que, considerando que ele não pilotava esse carro há sete meses, ele marcou um tempo em sua terceira ou quarta volta que foi menos de um segundo abaixo do que nossos pilotos estavam fazendo."

"Depois, em sua primeira corrida real com pneus semelhantes, foi possível ver sua confiança crescer e crescer. Aquela primeira volta, que provavelmente foi a sétima do dia, teria lhe dado um lugar na primeira fila do grid. Foi incrivelmente impressionante."

Horner concluiu que estava "muito feliz" por ver que Ricciardo podia "continuar a se apresentar nesse nível". E ele viu o "velho Daniel": "Quando eu disse a ele que isso o colocaria na primeira fila do grid, você quase podia ver o alívio em seus olhos, quase como se a pressão estivesse caindo de seus ombros, que ele ainda podia fazer isso, que ele não estava ficando louco e que o velho Daniel ainda estava lá. Suas corridas longas também foram muito impressionantes e o trabalho que ele fez para a Pirelli foi absolutamente perfeito."

Ricciardo de volta à F1 e de Vries demitido! Red Bull injusta? O que será de Pérez?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate impacto do 'ressurgimento' da McLaren na F1 2023

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 hesita em adotar gráfico que mostra frequência cardíaca de pilotos na TV
Próximo artigo F1: Rumores indicam que 3 equipes ultrapassaram o limite de custos em 2022; Domenicali fala em punições esportivas

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil