F1: Em meio à guerra interna da McLaren em 2007, Alonso usava até frutas para irritar Ron Dennis; entenda

Episódio inusitado foi revelado pelo ex-diretor de imprensa da McLaren, Matt Bishop, em um podcast

Fernando Alonso, McLaren with Ron Dennis, Team Principal, McLaren

Fernando Alonso, McLaren with Ron Dennis, Team Principal, McLaren

Lorenzo Bellanca / Motorsport Images

Fernando Alonso foi para a McLaren na Fórmula 1 em 2007 após dois títulos com a Renault. Sua chegada foi anunciada por todos os lados, e tudo parecia indicar que seria um casamento destinado ao sucesso. Mas a realidade foi completamente diferente, com o espanhol ficando apenas um ano em Woking.

Durante este ano, uma relação que parecia ser imbatível, foi aos poucos se quebrando devido ao surgimento de Lewis Hamilton. Tentando solucionar as coisas internamente, o então chefe Ron Dennis acabou implodindo ainda mais a situação a partir do momento que se colocou a favor do britânico, rachando o time ao meio.

Leia também:

Após um ano de intensa rivalidade com Hamilton, Alonso abandonou a equipe, com os dois perdendo o título no fim do ano para Kimi Raikkonen.

Falando para o podcast In the Pink, da jornalista da Sky Sports F1, Natalie Pinkham, Matt Bishop, que, em 2008, foi contratado como diretor de imprensa da equipe de Woking, contou uma anedota mais do que curiosa sobre como Alonso, conscientemente, tentava irritar Dennis.

"Ron era incrivelmente organizado, e sempre exigia o mesmo de seus funcionários", disse. "Ele tinha uma espécie de 'mania' e obsessão com limpeza. Uma das coisas que ele mais odiava é que alguém comesse na sua frente qualquer tipo de fruta sem usar talheres".

"Se você fosse comer uma nectarina, um pêssego ou uma ameixa, Ron te pediria para colocá-la em um prato, pegasse uma faca, segurasse a fruta com um garfo e que a cortasse cuidadosamente em pedaços pequenos para comer".

"Mas, um dia, Fernando chegou com o maior e mais maduro pêssego que eu jamais havia visto. Ele sentou perto de Dennis e cravou os dentes, deixando o suco escorrer pela barba".

"Ninguém ali tinha como saber o quão frustrante isso era para Ron, mas pode ter certeza, Fernando sabia. É um grande piloto e, claro, também é muito inteligente, sabendo o que precisa fazer em cada momento".

Uma década depois, os caminhos voltaram a colocar Alonso e Dennis na equipe britânica, e os dois fizeram de tudo para enterrar a relação ruim, por mais que esta tenha durado pouco, já que Dennis deixou a McLaren logo depois.

(Soldan Sağa): Fernando Alonso (ESP) McLaren, Ron Dennis (GBR) McLaren Takım Müdürü ile birlikte.
Formula 1 Dünya Şampiyonası, Rd 3, Bahreyn Grand Prix'si, Hazırlıklar, Bahreyn Uluslararası Pisti, Bahreyn, 12 Nisan 2007 Perşembe.
DIGITAL IMAGE

Fotoğraf: Sutton Images

(Soldan Sağa): Fernando Alonso (ESP) McLaren, Ron Dennis (GBR) McLaren Takım Müdürü ile birlikte. Formula 1 Dünya Şampiyonası, Rd 3, Bahreyn Grand Prix'si, Hazırlıklar, Bahreyn Uluslararası Pisti, Bahreyn, 12 Nisan 2007 Perşembe. DIGITAL IMAGE

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e McLAREN

Podcast #263 – Max mais incomodado? Briga pela P2 acirrada? O que esperar da F1 2024?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Análise técnica: Como McLaren deu a volta por cima na F1 2023 após início ruim de temporada
Próximo artigo Campeão da F1 e 'cartolas' da categoria aparecem em lista de pessoas ligadas a abusador sexual Jeffrey Epstein; confira os nomes

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil