F1: Entenda como Barcelona pode dar pistas sobre performance das equipes em Mônaco

Terceiro setor da pista da Catalunha tem características semelhantes a Monte Carlo, mas é preciso considerar as diferenças de cada fim de semana

F1: Entenda como Barcelona pode dar pistas sobre performance das equipes em Mônaco

A natureza única do GP de Mônaco de Fórmula 1, com suas características apertadas e cheia de curvas, tornam a pista muito complicada para prever a forma das equipes. Para correr nas ruas do principado, é preciso uma quantidade máxima de downforce, um chassi fácil de lidar, excelente tração, além de ser bom de freios.

E, enquanto em outras pistas a eficiência de aerodinâmica pode ser chave com as equipes buscando reduzir o nível de downforce, em Mônaco, isso não importa. A potência não é tão crítica.

Leia também:

Todos esses fatores significam que a ordem competitiva em Mônaco pode ser bastante diferente em comparação com outras pistas, o que acrescenta outra camada de intriga ao evento mais badalado da F1.

Mas, a cada ano, sempre há um local que oferece pistas sobre como as coisas ficarão em Mônaco.

É a performance dos carros no terceiro setor do circuito de Barcelona, casa do GP da Espanha. Sua sequência de curvas de baixa velocidade e a chicane no fim da pista acabam funcionando como um espelho das demandas das ruas de Mônaco.

Então, se você for rápido no terceiro setor, geralmente acaba sendo um bom sinal. Então, como que as coisas ficaram no último GP da Espanha. Veja quais foram os terceiro setores mais rápidos para cada carro na classificação.

1. Red Bull 26s295
2. Mercedes 26s400
3. Ferrari 26s580
4. Alpine 26s632
5. McLaren 26s782
6. AlphaTauri 26s827
7. Aston Martin 26s923
8. Williams 27s131
9. Alfa Romeo 27s164
10. Haas 27s311

Para a Red Bull, a perspectiva é boa com seu carro sendo o mais rápido no terceiro setor, após duas derrotas consecutivas para a Mercedes. Sergio Pérez certamente está muito animado com as possibilidades para o RB16B nas ruas de Monte Carlo.

"Mal posso esperar por Mônaco, especialmente com esse carro", disse o mexicano. "Acho que temos uma chance de vencer a corrida".

A Mercedes também acha que a Red Bull é a favorita, principalmente pela impressão de que sua rival tem uma vantagem de downforce.

Após o GP da Espanha, o diretor de engenharia da Mercedes, Andrew Shovlin, disse: "No papel, eu diria que [Mônaco] se encaixa mais à Red Bull do que para nós".

"Usamos nossa asa de downforce máximo e vimos eles usando no carro na sexta [na Espanha]. Mas eles não usaram na corrida, então dá para colocar mais downforce ali. Então, no papel, é para eles".

A luta atrás das duas melhores equipes também parece intrigante, com a McLaren, a "melhor do resto" no começo do ano, não parecendo tão confortável em setores de baixa velocidade quanto Ferrari ou Alpine.

Carlos Sainz reconheceu que foi uma ótima injeção de ânimo para a Ferrari sua performance forte no último setor.

"Obviamente ter um bom downforce no último setor dá uma boa impressão e nos coloca com uma cabeça boa para Mônaco porque, certamente, é melhor ser rápido no terceiro setor de Barcelona".

"Mas, ao mesmo tempo, Mônaco possui muitas especificidade em termos de ajuste do carro, e a preparação do pneu para a classificação. Os carros são tão diferentes em Mônaco que a situação pode ser um pouco diferente".

A McLaren certamente acredita que a situação não está definida, e acredita que há espaço para a competitividade mudar assim que o downforce for aplicado para o fim de semana.

Lando Norris disse: "A grande diferença entre Mônaco e o terceiro setor na Espanha é obviamente o fato de que usamos ajustes muito diferentes em Barcelona".

"Ele é bem mais focado nos setores um e dois, das curvas de alta. E Mônaco é o oposto disso, com a baixa velocidade predominante. Também temos um carro bem mais macio por causa das lombadas, ondulações e tudo mais".

"Acho que todas as características do carro mudam. Então é um território pouco explorado para esse carro".

A outra grande verdade sobre Mônaco é que é um final de semana em que não cometer nenhum erro, não ficar no meio do tráfego na classificação, um safety car no momento ideal e não ter nenhum azar podem ser tão importantes na luta por vitórias quanto ter um bom carro.

Como disse Shovlin: "Mesmo se você chegar lá com o melhor carro, tendo um bom pacote, ainda assim é uma corrida muito difícil de vencer".

Galvão, Regi e narradores; ex-diretor de F1 da Globo conta tudo sobre bastidores das transmissões

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Mercedes X Red Bull já pode ser considerada uma das maiores rivalidades da F1?

 

compartilhar
comentários
F1 - Alonso classifica Verstappen como "o melhor atualmente" do grid: "Está sempre no modo ataque"

Artigo anterior

F1 - Alonso classifica Verstappen como "o melhor atualmente" do grid: "Está sempre no modo ataque"

Próximo artigo

F1: Jos Verstappen diz que Pérez "não é qualquer um", mas que filho "está fazendo algo excepcional"

F1: Jos Verstappen diz que Pérez "não é qualquer um", mas que filho "está fazendo algo excepcional"
Carregar comentários