F1: Ferrari conta com novo simulador para desenvolvimento do carro de 2022

Scuderia afirmou que antigo sistema não será negligenciado e ainda será usado

F1: Ferrari conta com novo simulador para desenvolvimento do carro de 2022

Ferrari conta agora com um simulador totalmente novo, cuja instalação foi feita em Maranello. Os acabamentos finais aconteceram esta semana em um prédio localizado entre a sede da Gestione Sportiva e o circuito de testes de Fiorano.

Nas próximas semanas, o trabalho estará centrado na calibração desta nova ferramenta, que se tornou muito importante e essencial na Fórmula 1. Em setembro, após as férias de verão impostas pelo regulamento a todas as equipes, o verdadeiro trabalho de simulação pode começar a fim de fortalecer os preparativos para o monoposto 2022.

Leia também:

No entanto, o antigo simulador da Scuderia não será negligenciado e ainda será usado, em particular para o desenvolvimento contínuo do SF21 e para a preparação dos finais de semana de corrida, mas também para permitir que jovens pilotos da Ferrari Driver Academy realizem sessões de trabalho lá.

O novo simulador está na vanguarda da tecnologia e reproduz um ambiente 360 °, utilizando “os melhores elementos do mercado”. A Ferrari indica que esta ferramenta se baseia em um conceito totalmente novo graças à colaboração realizada com a Dynisma, uma empresa britânica dirigida por Ashley Wayne. A produção do simulador, por outro lado, foi inteiramente assumida pela equipe da Maranello.

“A simulação e a tecnologia digital terão um papel ainda maior no desenvolvimento de um monoposto de Fórmula 1 e acreditamos que fizemos a melhor escolha possível ao nos concentrarmos na criação de uma ferramenta que nos permitirá dar um salto de geração neste setor ”, explicou Gianmaria Fulgenzi, chefe da cadeia de suprimentos.

“Para isso, escolhemos a Dynisma, uma empresa jovem e dinâmica. Demorou dois anos para concluir este projeto e agora estamos prontos para utilizá-lo no projeto 674, nome dado ao carro que fará parte dos novos regulamentos que entrarão em vigor em 2022."

Charles Leclerc foi capaz de testar o futuro monoposto no antigo simulador.

“Ainda é o começo… parece muito diferente”, confidenciou o piloto monegasco. "Saber se o desenvolvimento está indo bem é, eu acho, um ponto de interrogação para todos. É um projeto muito diferente e é apenas o começo, então ninguém sabe onde você está. Comparado aos outros."

ALERTA! SAIBA como COBERTURA olímpica vai IMPACTAR Fórmula 1 na BAND

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual é o tamanho da temporada de Norris até agora?

 

.

compartilhar
comentários
F1: Wolff diz que luta pelo título "não está a favor" da Mercedes, mas vê como aprendizado "necessário"

Artigo anterior

F1: Wolff diz que luta pelo título "não está a favor" da Mercedes, mas vê como aprendizado "necessário"

Próximo artigo

F1: Lenda argentina, Carlos Reutemann morre ao 79 anos

F1: Lenda argentina, Carlos Reutemann morre ao 79 anos
Carregar comentários