F1: Ferrari diz que Red Bull "sacrifica" classificação para ter melhor ritmo de corrida

Equipe italiana acredita que esse seja o motivo por trás das disputas mais apertadas aos sábados

Charles Leclerc, Ferrari SF-23, Max Verstappen, Red Bull Racing RB19, Sergio Perez, Red Bull Racing RB19, Carlos Sainz, Ferrari SF-23, the rest of the field on the opening lap

A Red Bull vem dominando a temporada 2023 da Fórmula 1 até aqui mas, em classificação, o time austríaco parece ter uma vantagem menor em relação aos rivais. Só que, para a Ferrari, a habilidade de disputar mais próximo a pole position tem uma explicação diferente: a Red Bull estaria "largando mão" do rendimento do carro nos qualis.

Até aqui, Charles Leclerc é o único não-Red Bull a fazer uma pole position, conquistando a posição de honra tanto no GP quanto na sprint do Azerbaijão. No Bahrein, ele ficou a 0s292 da pole, abandonando na corrida com um problema no motor. Na Arábia Saudita, a diferença foi de apenas 0s155.

Leia também:

Mesmo com um bom rendimento em classificações, a Ferrari tem apenas um pódio no ano, com Leclerc em Baku. Para Jock Clear, engenheiro responsável pelos pilotos no time de Maranello, essa diferença pode ser explicada pelo fato da Red Bull estar "deixando a porta aberta" na classificação para ter um ritmo de corrida melhor.

Questionado sobre a diferença de performance entre Ferrari e Red Bull na classificação e nas corridas, Clear disse: "Temos uma boa compreensão de onde está o problema. É a quantificação. De certo modo, dizemos 'ok, vamos olhar para o que está acontecendo na corrida em comparação à classificação'. E conseguimos ver algumas diferenças".

"Talvez não temos como alinhar direito a origem dessas diferenças. Esse é o processo que temos no momento, temos que identificar o que podemos fazer, ou o que podemos mudar em termos de foco, para acertarmos novamente nosso ritmo de corrida".

Charles Leclerc, Ferrari SF-23

Charles Leclerc, Ferrari SF-23

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Clear reconhece que a Ferrari talvez tenha que seguir o caminho da Red Bull, sacrificando o rendimento na classificação para melhorar o ritmo de corrida.

"Temos que sacrificar a classificação? É sempre algo difícil de engolir, porque várias corridas são definidas pela classificação. Então não podemos tirar o olho disso. Mas precisamos entender de onde podemos tirar o ritmo de corrida".

"Temos que tirar o chapéu para a Red Bull, porque estão fazendo algo muito inteligente. O carro funciona muito bem na corrida. Podemos concluir que, talvez eles estejam sacrificando um pouco o ritmo de corrida. É por isso que podemos competir contra eles, porque o carro não é ideal no quali".

Binotto na Alpine? Ex-Renault, Rico Penteado comenta possibilidade e critica CEO da equipe

Podcast Motorsport.com debate: F1 chata? Culpa é da Red Bull ou dos carros atuais?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Marko esclarece situação de De Vries em meio a rumores
Próximo artigo F1 - Horner se mostra receoso com novo conceito da Mercedes: "Questão de tempo para se recuperar"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil