F1: Ferrari e Williams se juntam às equipes com assoalho em ‘Z’

Quatro equipes optaram pela solução durante a pré-temporada, com Alpine se juntando a eles na primeira corrida

F1: Ferrari e Williams se juntam às equipes com assoalho em ‘Z’

Antes do GP da Emilia Romagna, o grid de Fórmula 1 se dividiu em termos de abordagem dos novos regulamentos de assoalho.

Metade estava usando recortes de assoalho em forma de 'Z', enquanto a outra metade favorecia a opção totalmente cônica.

Leia também:

No entanto, uma solução muitas vezes se torna a opção preferida - e para este fim de semana em Ímola, mais duas equipes se juntaram às equipes que fizeram recorte em 'Z'.

Ajustes de assoalho

Como acontece com toda mudança de regra, há uma oportunidade de seguir a interpretação clássica dos regulamentos ou encontrar maneiras de contornar isso para aumentar o desempenho.

Para 2021, essa batalha está sendo travada na borda do assoalho onde a FIA pretendia que houvesse uma borda cônica simples à frente do pneu traseiro. Esperava-se que isso, em combinação com um pacote de outras mudanças, reduzisse a downforce em cerca de 10%.

Os times, no entanto, começaram a encontrar maneiras de recuperar suas perdas, com o assoalho sendo visto como uma grande peça naquele quebra-cabeça.

Quatro equipes optaram pela solução de recorte em forma de 'Z' durante os testes de pré-temporada, com a Alpine se juntando a eles na primeira corrida.

Mas, na segunda etapa da temporada, a solução foi vista também nos carros da Ferrari e Williams.

 

A Scuderia testou a nova solução de assoalho no carro de Carlos Sainz durante o primeiro treino livre, enquanto Charles Leclerc continuou a coletar dados para a equipe com a especificação antiga (detalhe). Essa análise back-to-back é extremamente importante, pois o time procura estabelecer se as novas peças fornecem o desempenho que suas ferramentas de simulação obviamente sugeriram ser o caso.

Além do recorte óbvio do assoalho em forma de 'Z', também há mudanças em termos dos dispositivos aerodinâmicos da parte superior usados para mover o fluxo de ar pela superfície. O trio de barbatanas montadas no meio do assoalho foi removido (seta vermelha), enquanto uma nova barbatana cria um fulcro aerodinâmico onde o recorte começa (seta azul).

 

É uma história semelhante para a Williams, que também apresentou o arranjo do assoalho em forma de 'Z' na segunda corrida de 2021.

Como as outras equipes que usam essa solução, a escuderia britânica também adicionou um trio de barbatanas ao lado da seção dianteira do recorte para ajudar a amplificar o efeito que está criando.

Olhando mais a fundo 

Mesmo com sete equipes tendo decidido que o recorte em forma de Z é um conceito de design que vale a pena perseguir, há, é claro, um grau variado de soluções entre eles. Então, vamos dar uma olhada em cada um deles e nas alternativas totalmente cônicas também...

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

A Mercedes deu o seu melhor para afastar os rivais quando revelou o W12, indo tão longe a ponto de cobrir esta área do carro. No entanto, uma vez sob os holofotes, ficou claro que havia abandonado parte do espaço disponível em favor do recorte em forma de 'Z'.

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

A Red Bull também optou pelo recorte em forma de 'Z', mas sua interpretação vê ainda mais assoalho removido para retornar a uma borda mais paralela. Observe também a fileira de aletas que ele tem ao lado do sidepod para ajudar a nutrir o fluxo de ar descartado e, em seguida, usando para maximizar o desempenho do assoalho.

Sebastian Vettel, Aston Martin AMR21

Sebastian Vettel, Aston Martin AMR21

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

A Aston Martin já está em sua segunda variação de assoalho em forma de 'Z', tendo estendido o recorte e a seção paralela como parte de sua reformulação no Bahrein. É a variante mais agressiva do grid agora e também foi combinada com duas fileiras de barbatanas ao redor do recorte para a frente enquanto procura maneiras de mitigar os problemas que parecem ter prejudicado mais os carros com baixo rake.

Pierre Gasly, AlphaTauri AT02

Pierre Gasly, AlphaTauri AT02

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

A AlphaTauri não fez nenhuma tentativa de disfarçar seu recorte em forma de 'Z' quando lançou seu carro. A equipe também apresentou uma atualização na segunda etapa do campeonato, já que um conjunto de barbatanas em ângulo externo foi adicionado à seção à frente do recorte.

Esteban Ocon, Alpine A521

Esteban Ocon, Alpine A521

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

Alpine se juntou às equipes com piso em forma de 'Z' no Bahrein e combinou o recorte com apenas uma barbatana, mas testou algumas variações, ao mesmo tempo que testou uma variedade de soluções de strake à frente do pneu traseiro.

 

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

A solução de recorte de assoalho em forma de Z testada na Ferrari SF21 de Sainz durante o TL1.

 

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

O carro de George Russell com o novo recorte de piso em forma de 'Z' em sua Williams FW43B durante o TL1.

Lando Norris, McLaren MCL35M

Lando Norris, McLaren MCL35M

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

A McLaren foi a primeira equipe a testar um assoalho de especificação 2021 durante a campanha do ano passado e permanecer firme neste ponto em usar a solução totalmente cônica.

A Alfa Romeo também tem a solução de assoalho totalmente cônico, embora tenha alinhado uma seleção de aletas perto do ponto onde o assoalho começa a se estreitar em um esforço para desencadear um efeito composto.

 

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

Como sabemos, a Haas sugeriu que seu foco está em 2022 e, embora tenha havido desenvolvimentos no VF21, o assoalho não foi cortado como alguns de seus rivais.

F1 2021: CAOS em Ímola! Bottas x Russell, 'trapalhada' de Hamilton, brilho de Verstappen e + | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: TELEMETRIA: A verdade sobre motor Honda e tudo sobre o GP da F1 em Ímola

 

compartilhar
comentários
Brawn acredita que F1 pode ter "ano dourado" com Hamilton e Verstappen: "Batalha de titãs"

Artigo anterior

Brawn acredita que F1 pode ter "ano dourado" com Hamilton e Verstappen: "Batalha de titãs"

Próximo artigo

F1 - Russell pede desculpas a Bottas após acidente em Ímola: "Não foi o meu dia de maior orgulho"

F1 - Russell pede desculpas a Bottas após acidente em Ímola: "Não foi o meu dia de maior orgulho"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Emilia Romagna
Autor Giorgio Piola