F1: FIA explica punição a Hamilton em batida com Verstappen

Pilotos se encontraram em meio a uma batalha pela liderança na primeira volta

F1: FIA explica punição a Hamilton em batida com Verstappen

A FIA explicou por que sentiu que Lewis Hamilton era o culpado pelo incidente da primeira volta que tirou Max Verstappen do GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1

Hamilton e Verstappen lutaram muito pela liderança nos estágios iniciais da corrida de Silverstone - tendo ido de roda em roda na primeira metade da volta.

Leia também:

Ao entrarem para a curva Copse, Hamilton tentou ir por dentro do rival da Red Bull, e, depois de desviar brevemente para a esquerda. Verstappen, por fora, manteve sua posição e, enquanto fazia a curva, sua roda traseira direita encontrou a esquerda dianteira de Hamilton.

A colisão lançou Verstappen para fora da pista, quebrando as barreiras do lado de fora da curva em alta velocidade. 

O incidente foi investigado pela FIA e os comissários decidiram que Hamilton era o culpado - aplicando-lhe uma penalidade de 10 segundos.

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B, and Lewis Hamilton, Mercedes W12, lead the field away at the start

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B, and Lewis Hamilton, Mercedes W12, lead the field away at the start

Photo by: Steven Tee / Motorsport Images

Em um documento explicando as razões para a sanção, os comissários explicaram que o britânico da Mercedes poderia ter feito mais para evitar o incidente.

“Os comissários analisaram as evidências de vídeo e telemetria. Os carros 33 [Verstappen] e 44 [Hamilton] entraram na curva 9 com o carro 33 na liderança e o carro 44 um pouco atrás e por dentro. O carro 44 estava em uma linha que não chegava ao ápice da curva, com espaço disponível para dentro", dizia o comunicado.

“Quando o carro 33 dobrou a curva, o carro 44 não evitou o contato e a frente esquerda do carro 44 entrou em contato com a traseira direita do carro 33. O carro 44 foi considerado predominantemente culpado.”

Hamilton cumpriu a penalidade de 10 segundos antes de garantir a vitória no GP da Grã-Bretanha.

Falando após a corrida, o heptacampeão deixou claro que achava que Verstappen não havia lhe dado espaço suficiente no incidente.

“Claro, eu sempre tento ser medido em como eu abordo as coisas, especialmente quando luto com Max”, disse. 

“Você sabe que ele é muito agressivo."

"E hoje, quero dizer, eu estava totalmente ao lado dele, e ele não me deixou espaço", concluiu.

F1 AO VIVO: TENSÃO após BATIDA de HAMILTON e VERSTAPPEN em SILVERSTONE! Tudo sobre o GP! | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #118: Quais 'passagens de bastão' mais emblemáticas da F1?

 

.

compartilhar
comentários
Bottas comemora resultado da Mercedes e cita fraquezas na pista
Artigo anterior

Bottas comemora resultado da Mercedes e cita fraquezas na pista

Próximo artigo

F1- Verstappen detona celebrações de Hamilton em Silverstone: "Comportamento desrespeitoso e antidesportivo"

F1- Verstappen detona celebrações de Hamilton em Silverstone: "Comportamento desrespeitoso e antidesportivo"
Carregar comentários