Fórmula 1 GP de São Paulo

F1 - Fittipaldi destoa de Steiner e diz que ainda tem chances de vaga na Haas: "Equipe ainda não tomou uma decisão"

Mas declaração do brasileiro contrasta com o que foi dito por Steiner em coletiva na quinta-feira

Pietro Fittipaldi, Haas F1 Team

Resta apenas uma vaga ainda em aberto no grid da Fórmula 1 para 2023: a ao lado de Kevin Magnussen na Haas. E enquanto Mick Schumacher e Nico Hiulkenberg são vistos como os dois únicos candidatos, o brasileiro Pietro Fittipaldi afirma ainda ter uma chance nessa disputa.

A expectativa era de que o anúncio fosse feito na última quinta-feira (10), mas Gunther Steiner frustrou o paddock em Interlagos, dizendo que espera confirmar na próxima semana, mas afirmando também não ter pressa.

Leia também:

Com Schumacher vivendo um ano complicado, Hulk parece ser o candidato mais viável, potencializando um retorno ao grid como titular após três anos fora, com participações esporádicas nesse período substituindo pilotos afastados pela Covid-19.

Mas em entrevistas coletivas em Interlagos nesta semana com a presença do Motorsport.com, Steiner e Fittipaldi deram declarações opostas sobre as chances do brasileiro.

Na quinta-feira, o chefe da Haas foi categórico ao dizer que o piloto reserva não tinha chances de conquistar a vaga para o próximo ano, e disse que o objetivo é manter o brasileiro na equipe, desde que seu programa para 2023 não conflite com as datas da F1.

Mas Pietro disse ainda ter chances enquanto uma decisão não for oficialmente tomada:

"A equipe não tomou uma decisão ainda, então é claro que a possibilidade ainda existe, mas não sei quais são minhas chances. A equipe está para decidir entre o Mick e o Hulkenberg, mas se alguma coisa acontecer, eu acho que eu tenho mostrado um bom desempenho. A decisão ainda não foi tomada, então é claro que a chance existe". 

O brasileiro destacou um fator preponderante em sua 'candidatura' à vaga da Haas: a busca por patrocínios.

"É muito difícil hoje em dia conseguir patrocínio para o automobilismo. Só para estampar a marca no carro, as empresas não tem muito mais interesse nisso. Então eu e o Enzo, que temos o sonho de sermos pilotos, nós buscamos ideias diferentes para captar patrocínio para conseguirmos correr".

"E a gente, com minha família, eles nos apoiam muito. Meu pai dedica a vida a nós, mas não temos dinheiro para conseguirmos correr sem patrocínio".

Questionado se suas chances de conquistar uma vaga no grid seriam maiores caso estivesse em outra equipe, menos dependente de patrocinadores, Fittipaldi destacou o bom relacionamento com a Haas, mas reforçou suas qualidades como piloto e como isso o permitiria ir bem na F1 cara.

"Sou muito grato à Haas, a oportunidade que eles me dão desde 2018. É claro que, como piloto, estou preparado para fazer um ótimo trabalho na F1. Fiz as duas etapas em 2020, mas sempre que eu entro no carro da F1 eu me adapto muito bem".

"Eu sou muito forte na entrada das curvas, eu sempre freio muito tarde. E no carro de F1 isso é importante, porque é um carro de muita carga aerodinâmica, de fibra de carbono, então você precisa ser agressivo nas entradas e ter confiança com o carro".

"Eu sempre consegui extrair bem o rendimento de carros assim. Eu sei que, se eu tiver a oportunidade, conseguirei entregar resultado, um ótimo desempenho".

Homenagens a Fittipaldi e Vettel, música e mais: as novidades do GP de São Paulo de F1

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

 

Podcast Motorsport.com debate 'valor real' do GP no Brasil para a F1; ouça já

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Sainz é punido e perde posições no grid do GP de São Paulo
Próximo artigo F1: Pérez bate Leclerc e lidera TL1 em SP; figurões 'faltam'

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil