F1: Frustrado, Hamilton diz que todos na Mercedes estão sofrendo com início complicado, mas garante: ninguém desistiu ainda

Piloto britânico ficou 'preso' atrás de Pierre Gasly em Ímola e terminou a corrida em 13º lugar

F1: Frustrado, Hamilton diz que todos na Mercedes estão sofrendo com início complicado, mas garante: ninguém desistiu ainda
Carregar reprodutor de áudio

Lewis Hamilton disse que todos na Mercedes estão sentindo a tensão do difícil início da temporada de 2022 da Fórmula 1, mas ele garantiu que ninguém desistiu ainda.

O heptacampeão mundial enfrentou um frustrante GP da Emilia Romagna, quando ficou 'preso' atrás de Pierre Gasly e terminou em 13º lugar.

As chances de título de Hamilton agora parecem incrivelmente pequenas e a Mercedes ainda enfrenta um desafio difícil para voltar à busca por vitórias.

Leia também:

Questionado sobre o seu nível de frustração, Hamilton disse: “Tem sido difícil e definitivamente não é fácil, mas todos sentimos isso como equipe."

“E pelo menos George [Russell] conseguiu alguns pontos hoje para a equipe. Então, peço desculpas a todos que eu não fui capaz de fazê-lo.”

A Mercedes mantém a fé de que pode superar os problemas que a impedem e Hamilton disse que todos estão se esforçando para encontrar a solução dos problemas do W13.

“Acho que a equipe está... como eu disse, todo mundo está sentindo e todo mundo está tentando o seu melhor”, disse ele.

“Portanto, não há ninguém que desista e todos estão apenas tentando avançar o mais rápido que podem.”

Hamilton disse se esforçou ao máximo para tentar ganhar algumas posições, mas não conseguiu encontrar uma maneira de passar pelo AlphaTauri de Pierre Gasly, que estava à sua frente durante grande parte da corrida.

"Eu realmente achei frustrante e eu só queria seguir em frente", disse ele. “Eu simplesmente não estava perto o suficiente para ultrapassar. Eu estava meio que uma presa fácil hoje.”

Enquanto a Mercedes trabalha no desenvolvimento dos carros, Hamilton disse que não esperava nenhuma mudança drástica de sorte antes da próxima corrida em Miami.

Questionado se estava ansioso pela nova pista, ele disse: “Não posso dizer que estou particularmente ansioso por ela no momento, mas tenho certeza que durante a semana chegarei a um quadro positivo de mente."

“Estarei na fábrica amanhã para trabalhar com os caras para ver o que podemos melhorar", concluiu.

F1 AO VIVO: Max PASSEIA e Leclerc ERRA enquanto Hamilton DEFINHA e George brilha;Pérez/Lando vão bem

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast debate Sprint de Ímola, vencida por Verstappen após batalha com Leclerc

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Norris diz que trabalho duro e clima complicado o ajudaram a conquistar pódio 'surpreendente' em Ímola
Artigo anterior

F1: Norris diz que trabalho duro e clima complicado o ajudaram a conquistar pódio 'surpreendente' em Ímola

Próximo artigo

F1: Sainz lamenta má fase, mas está confiante de que "bons momentos virão"

F1: Sainz lamenta má fase, mas está confiante de que "bons momentos virão"