Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
59 dias
06 mai
Próximo evento em
101 dias
20 mai
Próximo evento em
115 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
129 dias
10 jun
Próximo evento em
136 dias
24 jun
Próximo evento em
150 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
171 dias
29 jul
Próximo evento em
185 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
213 dias
02 set
Próximo evento em
220 dias
09 set
Próximo evento em
227 dias
23 set
Próximo evento em
241 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
248 dias
07 out
Próximo evento em
255 dias
21 out
Próximo evento em
269 dias
28 out
Próximo evento em
276 dias
05 nov
Próximo evento em
284 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
312 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
321 dias

F1: Gasly admite que tempo de Leclerc estava fora de alcance

compartilhar
comentários
F1: Gasly admite que tempo de Leclerc estava fora de alcance
Por:
Co-autor: Filip Cleeren

Piloto francês da Red Bull diz que Ferrari ainda está muito à frente da equipe austríaca na pré-temporada em Barcelona

No teste desta quinta-feira, Charles Leclerc marcou o tempo mais rápido na pré-temporada 2019 da Fórmula 1, com 1min16s231. Com o composto mais macio (C5), o monegasco ficou seis décimos à frente da segunda melhor volta de 2019 até agora. Com o C4, Pierre Gasly marcou 1min16s231e foi o quarto mais rápido, antes de bater forte na curva 9 do circuito de Barcelona.

Questionado se poderia igualar o tempo de Leclerc, que ficou a apenas meio décimo da pole de Lewis Hamilton no GP da Espanha em 2018, Gasly disse: “Honestamente, não. Nós tentamos. A Ferrari está realmente rápida, com um ritmo muito bom. Tentamos focar em nós mesmos e não nos outros. Temos potencial, testamos muitas coisas, sabemos que temos boa performance, mas ainda temos trabalho a fazer”.

No mesmo sentido, Valtteri Bottas, da Mercedes, afirmou nesta quinta-feira que a Ferrari atualmente está em outro patamar, ao passo que a Red Bull e a equipe alemã estão no mesmo nível.

Leia também:


Perguntado se a Red Bull estava logo atrás da Ferrari, Gasly ponderou: “Prefiro não me adiantar, uma vez que ainda não vimos o que a Mercedes pode fazer. Hamilton fez uma volta muito boa [1min18s097] com pneus médios [C2]. Ainda temos trabalho a fazer. Temos um bom carro, mas precisamos nos aproximar dos líderes”.

Apesar disso, o francês ficou feliz com a performance de pré-temporada da Red Bull e da Honda. “Nós vamos trabalhar em áreas em que temos que melhorar porque vimos que todos estão bem, mas acho que estamos bem, no geral”.

“Acho que o carro e o conjunto que temos no momento, com chassi e motor, está bom. Demos um bom passo, a confiabilidade foi boa e temos bom desempenho. Só precisamos entender como maximizar nosso pacote, então talvez não sejamos os favoritos ou os mais rápidos. Mas vamos trabalhar duro antes de Melbourne para chegarmos com o melhor carro que pudermos”.

Pierre Gasly, Red Bull Racing RB15

Pierre Gasly, Red Bull Racing RB15

Photo by: Jerry Andre / Sutton Images

F1: Hamilton otimista após "um dos melhores dias" para a Mercedes

Artigo anterior

F1: Hamilton otimista após "um dos melhores dias" para a Mercedes

Próximo artigo

GALERIA: Imagens do terceiro dia da segunda parte dos testes de pré-temporada da F1

GALERIA: Imagens do terceiro dia da segunda parte dos testes de pré-temporada da F1
Carregar comentários