F1: Gasly é confirmado na AlphaTauri para temporada 2023

Francês cumprirá totalidade de contrato com equipe de Faenza

F1: Gasly é confirmado na AlphaTauri para temporada 2023
Carregar reprodutor de áudio

Pierre Gasly permanecerá com a AlphaTauri para a temporada de 2023 depois que a equipe de Fórmula 1 o confirmou oficialmente como parte de sua formação para o próximo ano.

Embora Gasly estivesse sob contrato com a Red Bull até o final do próximo ano, as notícias do acordo de dois anos de Sergio Pérez na equipe austríaca levaram a dúvidas sobre o futuro do francês, dadas suas aspirações de retornar ao time principal no futuro.

Leia também:

Mas o chefe da AlphaTauri, Franz Tost, enfatizou no Canadá no fim de semana passado que Gasly estava “100% confirmado” para ficar em Faenza no próximo ano, dizendo: “Ele tem um contrato válido”.

A equipe agora anunciou oficialmente que Gasly ficará para a temporada de 2023.

“O francês de 26 anos está conosco desde 2017 e essa continuidade será um grande trunfo, pois ele desfruta de uma excelente relação de trabalho com seu grupo de engenheiros e todos da equipe”, disse AlphaTauri em comunicado.

“Pierre é um vencedor comprovado, com três pódios e três voltas mais rápidas e, até o momento, marcou um total de 325 pontos na Fórmula 1. Ele também desenvolveu uma reputação como um classificador muito forte.”

“Estou com essa equipe há cinco anos e estou orgulhoso da jornada que passamos juntos e do progresso que fizemos”, disse Gasly.

“Estou feliz em permanecer com minha equipe, a Scuderia AlphaTauri. Os novos regulamentos deste ano criaram novos desafios para nós e poder planejar nosso desenvolvimento com a equipe para os próximos 18 meses é uma boa base de trabalho para o futuro.

Pierre Gasly, Scuderia AlphaTauri, in the Press Conference

Pierre Gasly, Scuderia AlphaTauri, in the Press Conference

Photo by: Motorsport Images

Desde que retornou para a AlphaTauri, Gasly conquistou uma vitória e mais dois pódios, tornando-o o piloto de maior sucesso na história da equipe.

“Estamos muito satisfeitos em confirmar que Pierre ficará conosco em 2023”, acrescentou Tost. “Ele está definitivamente no grupo dos melhores e mais competitivos pilotos da F1 e provou suas habilidades durante todo o tempo que passou conosco.

“Sem dúvida, Pierre pode desempenhar um papel importante na equipe tendo uma temporada de sucesso no próximo ano e caberá a nós fornecer um carro competitivo, para que ele possa continuar apresentando excelentes resultados.”

Gasly teve um início complicado na temporada 2022 marcado pela má sorte. Seu companheiro de equipe, Yuki Tsunoda, está sem contrato no final do ano, mas Tost indicou no Canadá que ficou impressionado com o desempenho do piloto japonês em sua segunda temporada na F1.

“Yuki melhorou muito”, disse Tost. “Ele fez um trabalho fantástico, devo dizer.”

BASTIDORES no Canadá tiveram CHILIQUE “TEATRAL”, ACUSAÇÕES e polícia com CÃES FAREJADORES na RBR

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #183 - O que Alonso poderia fazer hoje em carro de ponta da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Segundo Jackie Stewart, Hamilton deveria se aposentar; veja
Artigo anterior

F1: Segundo Jackie Stewart, Hamilton deveria se aposentar; veja

Próximo artigo

F1: Aston Martin promete pacote de atualizações em Silverstone "para seguir competitiva"

F1: Aston Martin promete pacote de atualizações em Silverstone "para seguir competitiva"