F1: Gasly fala em temporada difícil e revela decepção com Red Bull

Francês reiterou desafio em entregar bom desempenho de 2021 e disse que não é recompensado pelos resultados na AlphaTauri

F1: Gasly fala em temporada difícil e revela decepção com Red Bull
Carregar reprodutor de áudio

Pierre Gasly teve mais uma forte temporada com a AlphaTauri na Fórmula 1 2021. Apesar de não ter conquistado a vitória como em 2020, subiu ao pódio no GP do Azerbaijão e marcou 110 pontos, 78 a mais que seu companheiro, Yuki Tsunoda. Segundo o francês, manter esse desempenho foi desafiador e é "decepcionante" a falta de reconhecimento que tem por parte da Red Bull.

Piloto da escuderia austríaca em 2019, ele ficou apenas um semestre no cockpit 'principal' da marca e foi rebaixado à equipe irmã durante a pausa de agosto daquele ano pela irregularidade. Depois disso, começou a cravar resultados notáveis e perseguir uma segunda chance para manter viva sua vontade de brigar pelo título.

Leia também:

"Meu desejo de lutar pelo campeonato é muito forte" disse Gasly em entrevista ao veículo alemão Auto Motor und Sport. "Estou na F1 para disputar no topo, isso me motiva a continuar melhorando. Não vou mentir, foi difícil entregar uma temporada como esta [2021]."

"Se eu me comparar com aqueles que tiveram a chance na Red Bull, é decepcionante. No final do dia, não recebo o reconhecimento e a recompensa por isso. É difícil de engolir e me decepciona, é claro", acrescentou.

Os pilotos que assumiram o segundo carro após a saída de Gasly foram Alexander Albon e Sergio Pérez. O primeiro chegou a ter um bom começo antes de perder desempenho ao longo de 2020 e ser dispensado no final dessa temporada, já o segundo foi contratado para 2021 e, após um começo complicado, venceu uma corrida e conquistou mais quatro pódios, além de ter sido importante no título de Max Verstappen.

Pierre está garantido na AlphaTauri em 2022, mas como seu contrato acaba no final do ano e o futuro na Red Bull não parece certo, ele pode acabar considerando outras opções. Saiba mais sobre o mercado de pilotos aqui.

MARI BECKER analisa EVOLUÇÃO de VERSTAPPEN e PRESSÃO em HAMILTON, e fala de como ambos saem maiores

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #155 - Piores da F1 2021: Quais pilotos/equipes decepcionaram? Masi é consenso?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Interesse na F1 é tamanho que calendário poderia ter "facilmente" 30 corridas, diz Domenicali
Artigo anterior

Interesse na F1 é tamanho que calendário poderia ter "facilmente" 30 corridas, diz Domenicali

Próximo artigo

CEO da F1 admite que Covid pode impactar 2022 e lamenta ausência da Alemanha no calendário

CEO da F1 admite que Covid pode impactar 2022 e lamenta ausência da Alemanha no calendário
Carregar comentários