F1: Gasly rebate críticas de Norris sobre manobra na França: "Não espere ultrapassar por fora sem que o outro se defenda"

Francês da AlphaTauri ainda se defendeu, afirmando ser "um piloto muito justo" e que tentou manter tudo limpo na disputa

F1: Gasly rebate críticas de Norris sobre manobra na França: "Não espere ultrapassar por fora sem que o outro se defenda"

Enquanto Mercedes e Red Bull viviam uma disputa própria no GP da França de Fórmula 1, o pelotão do meio se encontrava colado, protagonizando diversas batalhas intensas na pista, com destaque para Lando Norris versus Pierre Gasly, que rendeu críticas do britânico ao francês, que respondeu após a prova.

Norris chamou Gasly de "idiota" pelo rádio depois que o francês o ultrapassou com força, levando ambos rapidamente para fora da pista.

Leia também:

"Foi uma pilotagem dura, mas realmente gostei", disse Gasly quando questionado sobre o incidente com Norris pelo Motorsport.com. "Você não pode esperar ultrapassar por fora sem que o outro se defenda".

"Então eu tentei manter tudo limpo. É uma curva muito difícil, muito longa, você está no limite da aderência. Havia o vento também, então fica ainda mais difícil de manter o carro na pista. Ainda não vi as imagens, então verei se foi muito ou não".

"Eu escorreguei na zebra na saída. Acredito que sou um piloto muito justo e na próxima volta lutamos novamente. Corridas são assim".

Gasly acabou perdendo posições para Norris e Daniel Ricicardo, mas continuou sua forte sequência de provas na zona de pontos, com o sétimo lugar.

"Preciso deixar a adrenalina baixar um pouco, porque foi uma corrida intensa, com muitas coisas acontecendo. Mas, sétimo lugar, temos o quarto melhor carro na pista, atrás das McLarens, Mercedes e Red Bulls. Então acho que temos que ficar felizes com isso".

"Obviamente há algumas coisas que acredito que poderiam ter sido feitas de modo um pouco diferente, como no pitstop, quando Charles [Leclerc] e Daniel [Ricciardo] nos ultrapassaram, nos custando posições na pista".

"Tive que lutar assim que saí dos boxes, danificando os pneus cedo para o stint. Então, ainda há algumas coisas que precisam ser revistas mas, no geral, sétimo com o quarto melhor carro, não podemos reclamar disso. Tivemos boas batalhas, foi uma corrida forte".

Gasly disse ainda que não entendeu a performance ruim da Ferrari, com Leclerc terminando apenas em 16º.

"Eu fiquei realmente surpreso, foi doido. Não sei o que aconteceu com Charles. Mas ele definitivamente danificou muito o pneu. O problema é que a degradação era muito alta. Não estávamos nem dando o melhor na largada. Algumas voltas foram fortes, em outras dava para ver a degradação. Então foi bem difícil em termos de gerenciamento de pneus".

Gasly admitiu que enfrentou alguns problemas também: "Não tinha estabilidade, rotação no meio da curva, minha tração era uma merda".

"Acho que foi difícil para todos, completamente diferente da sexta, do sábado. E não havia muito o que fazer. Eu tentei o meu melhor com a limitação que tinha, mas admito que foi uma situação muito, muito difícil".

F1 2021: Verstappen SUPERA Hamilton e ABRE na LIDERANÇA; as ANÁLISES do GP da França | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual é o tamanho do 'drama' de Bottas e Mercedes em 2021?

 

compartilhar
comentários
F1: Entenda como Pérez atrapalhou estratégia da Mercedes na França

Artigo anterior

F1: Entenda como Pérez atrapalhou estratégia da Mercedes na França

Próximo artigo

F1 - Mercedes: dados apontavam que estratégia daria vitória a Hamilton na França

F1 - Mercedes: dados apontavam que estratégia daria vitória a Hamilton na França
Carregar comentários