Fórmula 1 GP da Cidade do México

F1 - Hamilton não aceitaria título de 2021 em eventual punição à Red Bull pelo teto de gastos: "O dano já está feito"

Heptacampeão falou sobre o processo de 'cura' que passou após a conclusão da temporada passada

Lewis Hamilton, Mercedes, 2nd position, congratulates Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, in Parc Ferme

A notícia de que a Red Bull violou o teto de gastos do ano passado trouxe novamente à tona a dramática história da temporada 2021 da Fórmula 1, decidida de forma polêmica contra a Mercedes em Abu Dhabi. E enquanto muitos defendem que a punição ao time austríaco deveria ser a retirada do título, Lewis Hamilton pensa o oposto, afirmando que não aceitaria o Mundial a esta altura.

Hamilton e Max Verstappen protagonizaram uma das temporadas mais disputadas e polêmicas da F1 moderna, decidida na última volta da última corrida devido a uma decisão controversa do então diretor de prova, Michael Masi, que foi retirado do cargo como consequência do episódio.

Leia também:

E enquanto Hamilton parece ter se recuperando, mostrando entusiasmo sobre seu futuro com a Mercedes na F1, é justo dizer que a turbulência enfrentada desde Abu Dhabi não foi algo fácil de navegar.  Refletindo sobre suas emoções e o sumiço posterior, ele minimizou os rumores de que poderia sair do esporte.

"Parece que foi há anos. Isso me quebrou, ou chame como quiser. Agora, se eu realmente não voltaria? Não sou uma pessoa de desistir assim".

Mas, enquanto sair não foi uma opção, não dá pra dizer que as dores da derrota em Abu Dhabi e as circunstâncias da FIA mexendo no regulamento não tenha deixado uma marca.

"O que realmente doeu foi acreditar que o esporte poderia fazer algo como aquilo, que aquilo aconteceria no esporte, já que há tantas pessoas que você depende. Você espera que o trabalho seja feito de forma correta. E o resultado de um Mundial, que tantas pessoas deram o seu melhor, não pode sair da decisão errada de uma pessoa, sabe?".

"Isso foi uma coisa. Não foi pela minha falta de amor de trabalhar com uma equipe, foi literalmente... se você pode perder um campeonato pelo ato falho dentro de uma organização. Foi isso que eu me questionei. Mas eu passei tempo com minha família, e foi a melhor parte da cura. Eu me dediquei às crianças, fazendo bonecos de neve e estando ali com eles".

"Isso me permitiu recuperar, dar a volta por cima. Se não fosse por eles, eu teria ficado preso em um buraco".

Questionado se ele sentia que as decisões de Masi em Abu Dhabi foram deliberadas, buscando impedir a conquista do octa, ele disse: "Não sei. Parece tão distante agora. Acho que foi apenas uma decisão errada. Tenho certeza que há ego envolvido e haviam coisas em movimento. Haviam pessoas falando em seu ouvido. Não acho que tenha sido algo direcionado".

A nova novela envolvendo o teto orçamentário

Lewis Hamilton, Mercedes W12, Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Lewis Hamilton, Mercedes W12, Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Photo by: Sam Bloxham / Motorsport Images

Enquanto Abu Dhabi segue sendo um assunto sensível dentro da F1, e com Toto Wolff dizendo que pensa nisso todos os dias, Hamilton deliberadamente tentou dar um fim a isso.

"Eu já segui em frente. Me recuso a morar no passado. Já vivi algo do tipo em 2007 e, como alguém mais jovem, isso me manteve acordado por muitas noites, e aquilo foi muito negativo. Quando você se segura à negatividade, ódio ou o que seja, isso te segura".

"Eu estou evoluindo. E eu estou seguindo adiante, independente do que aconteceu no passado. Eu escolhi não ficar remoendo isso. Não há nada que eu possa fazer sobre o passado. Dei o meu melhor. Dei tudo de mim e me sacrifiquei. Mas estou disposto a fazer isso de novo. É o meu foco".

Mas mesmo a mente de Hamilton e a tentativa de apagar a negatividade de Abu Dhabi passaram por um forte teste recente, quando surgiu a informação de que a Red Bull havia sido culpada de violar o limite do teto de gastos da FIA durante a temporada 2021.

Tendo falado recentemente sobre o impacto que um dinheiro extra de desenvolvimento teria na Mercedes na luta pelo título, fica claro que os fantasmas de 2021 podem nunca sumir completamente.

"Definitivamente quando eu ouvi em Singapura sobre a questão do teto, obviamente traz de volta algumas emoções. Porque você meio que enterrou isso e seguiu em frente, mas aí volta, e dá aquele impacto de novo. Trouxe algumas novas dores de novo. Então foi voltar à fase de suprimir isso e seguir adiante".

O futuro desse caso é algo que a FIA ainda precisa decidir, mas mesmo se houver um improvável cenário da Red Bull e de Max Verstappen perderem pontos do campeonato e, por consequência, o título de 2021 por causa do teto, Hamilton disse que isso não lhe trará nenhuma satisfação.

"Não, porque o dano já está feito. Tenho na minha alma a sensação do que fizemos como equipe, como conquistamos isso e o que realmente conquistamos, e eu posso manter isso em mim. Demos o nosso melhor e fizemos isso do modo correto, o que me deixa orgulhoso".

VÍDEO: Dê uma volta no circuito do Autódromo Hermanos Rodríguez

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com debate: quem poderá parar a Red Bull e Verstappen na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Hamilton vê renovação com Mercedes após 2023 como certa: "Planejo estar aqui por mais tempo"
Próximo artigo Para Vettel, aposentadoria da F1 está "ficando cada vez mais real"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil