F1: Hamilton se vê mais confiante para a corrida após início "infeliz" com carro

Heptacampeão falou que Mercedes fez ajustes no carro que ajudaram a melhorar a performance

F1: Hamilton se vê mais confiante para a corrida após início "infeliz" com carro

Após conquistar o segundo lugar no grid de largada para o GP da França, superando problemas vistos no início da etapa, Lewis Hamilton disse que ficou feliz ao desbancar qualquer "mito" sobre os carros da Mercedes na Fórmula 1, após ele e Valtteri Bottas trocarem chassis para fim de semana, mas admitiu que está infeliz com a performance até aqui.

Bottas impressionou nos treinos livres da sexta, superando Hamilton em ambas as sessões, e conseguiu liderar a disputa interna da Mercedes no último TL, na manhã deste sábado. Já o heptacampeão sofreu mais na sexta, levando a dúvidas se a troca de chassi teria impactado as performances dos pilotos da Mercedes.

Leia também:

Mas Hamilton conseguiu colocar uma boa volta no fim da classificação para conquistar a segunda posição, atrás de Max Verstappen, deixando Bottas em terceiro.

Hamilton disse que tem sido "um final de semana muito difícil mentalmente", tentando colocar o carro em uma boa janela de performance, afirmando que a equipe vinha "correndo atrás do próprio rabo" no ajuste, mas ficou feliz ao desbancar qualquer teoria sobre a troca de chassi.

"No geral estou bem infeliz com o carro no fim de semana", disse após a classificação. "Eu vi que as pessoas criaram alguns mitos, e fico feliz em poder desbancá-los. A qualidade do trabalho dos nossos engenheiros, todos os carros são exatamente os mesmos".

"Parabéns a Max, ele fez um ótimo trabalho hoje. Eles foram incrivelmente rápidos. Você vê que eles colocaram um novo motor, não é uma nova versão nem nada, pelo menos que eu saiba mas, de qualquer jeito, são rápidos nas retas".

"Acho que perdemos muito tempo na reta hoje, então temos uma corrida em nossas mãos e estamos amando a batalha. Então vamos seguir dando o nosso melhor, seguir lutando e dando o nosso melhor".

Hamilton chega ao domingo quatro pontos atrás de Verstappen no Mundial, com sua luta  caminho de durar o ano todo.

Apesar da incerteza de Hamilton na Mercedes sobre o ritmo de corrida da Mercedes na sexta, ele ficou mais confiante a partir das mudanças feitas em seu carro desde então.

"No treino foi uma dificuldade em nosso ritmo de corrida. Acho que a Red Bull estava um ou dois décimos mais rápidos que nós nas simulações".

"Mas meu carro está bem diferente agora. Então vou manter as esperanças, fazer tudo que puder. Estamos em segundo, temos uma chance na primeira curva e provavelmente teremos estratégias interessantes amanhã".

"Não sei, talvez tenha chuva, então potencialmente podemos ver os mestres da chuva fazerem seu negócio. Estou animado".

Regi Leme passa mal e deixa transmissão da Band ao vivo; entenda o que aconteceu!

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #112 – TELEMETRIA: A volta da F1 a um circuito ‘normal’ com Rico Penteado

 

compartilhar
comentários
F1: Bottas se diz "curioso" para saber onde a Mercedes perdeu tempo em Paul Ricard

Artigo anterior

F1: Bottas se diz "curioso" para saber onde a Mercedes perdeu tempo em Paul Ricard

Próximo artigo

F1: Schumacher diz que batida no Q1 foi como "ganhar um bolo e não poder comê-lo"

F1: Schumacher diz que batida no Q1 foi como "ganhar um bolo e não poder comê-lo"
Carregar comentários