F1: Herbert aponta fator que impede Leclerc de estar no mesmo patamar de Hamilton e Verstappen

Mas inglês vê 'luz no fim do túnel', apontando para uma evolução do monegasco

Charles Leclerc, Scuderia Ferrari, on the grid

Charles Leclerc, Scuderia Ferrari, on the grid

Zak Mauger / Motorsport Images

Para o ex-piloto e comentarista Johnny Herbert, um fator em particular impede Charles Leclerc de estar no mesmo patamar de Lewis Hamilton e Max Verstappen após uma temporada 2023 particularmente decepcionante na Fórmula 1.

Após terminar 2022 com o vice-campeonato de pilotos, o monegasco teve que se contentar com o quinto lugar, sendo superado por Verstappen, Sergio Pérez e Hamilton em pontos e por Fernando Alonso pelo critério de desempate.

Leia também:

Esse foi mais um ano difícil para Leclerc, que ainda não obteve o sucesso esperado na Ferrari após cinco temporadas na equipe e, para Herbert, há um fator que o impede de estar entre os melhores do esporte.

Leclerc cometeu vários erros importantes ao longo de seus seis temporadas na F1. Ele começou 2023 com apenas seis pontos nos dois primeiros GP, além de outros problemas no início do ano. Assim, sua esperança de lutar novamente pelo título foi pelo ralo logo. E foi essa propensão a erros que faz Herbert acreditar que o monegasco não esteja entre os melhores do grid.

"Se for para ser crítico, a questão que me vem é que vimos todos os erros", disse Herbert ao PlanetF1.com. "E esses erros, você não vê eles em Max, em Lewis. Talvez alguns nos últimos anos, mas acho que, quando ele estava ganhando títulos, eles não aconteciam".

Quando Herbert diz que eles nunca cometem erros, ele não se refere apenas às equipes e pilotos atuais, ressaltando também trabalhos quase perfeitos dos grandes campeões do passado.

Charles Leclerc, Ferrari

Charles Leclerc, Ferrari

"Essa é a força daqueles que se tornam campeões mundiais. Pode voltar para Senna, Prost, Lauda, pessoas assim. Eles tinham a habilidade de fazerem isso sempre, sem cometer erros que vemos os outros pilotos cometendo. E esses pilotos que geralmente erram dificilmente conseguem dar a volta por cima e se colocarem na posição de conquistar o título".

"Mas, no fim, acho que Charles mostrou que está se movendo para a direção correta. Agora, será que ele é capaz de atacar Max e Lewis? Absolutamente, acho que ele provou isso. As batalhas entre eles, roda a roda, com Max, eles têm um respeito enorme entre si, o que é muito importante".

"Mas acertar todo o pacote, isso te dá a sensação correta para produzir o que é preciso quando se está no cockpit".

 


ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Kubica diz que Fórmula E é como "transar com boneca inflável" e di Grassi rebate: "Algo de errado com ele"
Próximo artigo Honda cobra redução de custos e não descarta saída da Indy, podendo aumentar presença na F1

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil