F1: Horner afirma que nova troca entre Gasly e Albon "não faria sentido"

compartilhar
comentários
F1: Horner afirma que nova troca entre Gasly e Albon "não faria sentido"
Por:
, Editor

Christian Horner disse que a decisão ainda será tomada, mas que a troca não está entre as intenções do momento

Após a vitória de Pierre Gasly no GP da Itália de Fórmula 1, a discussão sobre uma possível troca entre ele e Alex Albon nas vagas da Red Bull e da AlphaTauri voltaram com tudo. Mas o chefe da Red Bull, Christian Horner, defendeu que não faz sentido uma troca dessas neste momento, mas deixou a situação para 2021 em aberto, afirmando que a decisão será tomada "mais tarde".

Gasly foi rebaixado da Red Bull para a então Toro Rosso após apenas 12 corridas em 2019, com Albon sendo promovido. A vitória na Itália foi mais um dos resultados impressionantes do francês desde o ano passado e, com as dificuldades atuais de Albon, a troca voltou a ser assunto.

Leia também:

Após a vitória, Gasly disse que se sentia "pronto" para voltar à Red Bull caso necessário e ele esperava que seus bons resultados tivessem algum tipo de recompensa. Perguntado pelo Autosport Motorsport.com se Gasly poderia voltar à Red Bull no futuro, Horner desconsiderou a possibilidade no momento.

"Pierre fez um trabalho fantástico. Desde que ele voltou à então Toro Rosso, ele encontrou novamente sua confiança e está pilotando muito bem. A AlphaTauri está fazendo um bom trabalho com ele. É bom ver que as coisas estão dando certo".

"Sobre as vagas na Red Bull, eu diria que elas estão confirmadas, estamos focando em Albon. Queremos dar a ele a melhor chance de manter a vaga. Não faria sentido mudar novamente os pilotos. Agora a AlphaTauri é mais uma equipe irmã do que junior. Franz [Tost] está feliz com Pierre".

"A decisão final será feita mais tarde no ano, mas não há uma intenção de nosso lado para mudar a situação. Queremos focar em resolver os problemas do RB16, o que eu acho que estamos começando a compreender e vamos a partir daí".

Horner ainda falou mais sobre a AlphaTauri ser agora uma equipe irmã em vez de júnior, citando que a grande sinergia entre os projetos da Red Bull na F1 é o principal motivo para a mudança de status.

"As ambições deles agora são maiores do que as da Toro Rosso. Temos um projeto de sinergia dentro do que o regulamento permite. Por exemplo, a partir do ano que vem vamos compartilhar o túnel de vento, o que faz sentido na perspectiva financeira".

"É sobre isso que digo. Do lado dos talentos, a Red Bull investiu em muitos jovens pilotos ao longo dos anos. Isso vai continuar".

Todas as notícias sobre o GP da Toscana Ferrari 1000 da F1 você acompanha no site do Motorsport.com e em nosso canal no YouTube. Fique por dentro de todas as novidades e análises e confira nossos programas e vídeos!

DIRETO DO PADDOCK: Vettel confirmado na Aston, Pérez ‘chutado’ e McLaren ‘à venda’; Bernoldi comenta

Podcast #066: Vitória de Gasly prova que F1 é ambiente ‘onde os fracos não têm vez’?

 

F1: McLaren testa novo bico em Mugello inspirado pela Mercedes

Artigo anterior

F1: McLaren testa novo bico em Mugello inspirado pela Mercedes

Próximo artigo

SEXTA-LIVRE: Mercedes domina F1 em Mugello e Racing Point rebate Pérez após contratação de Vettel

SEXTA-LIVRE: Mercedes domina F1 em Mugello e Racing Point rebate Pérez após contratação de Vettel
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Luke Smith