Fórmula 1 GP da Holanda

F1: Horner contradiz Marko e garante Pérez na Red Bull em 2024

Chefe da equipe de Milton Keynes foi na 'contra mão' do consultor deixando claro a posição do mexicano no próximo ano

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing

Christian Horner, chefe da Red Bull na Fórmula 1, confirmou formalmente que Sergio Pérez “será nosso piloto em 2024” em meio a especulações recentes sobre o futuro do mexicano.

Leia também:

O futuro de Pérez tem sido objeto de especulações intermináveis devido à grande diferença de desempenho entre ele e seu companheiro de equipe Max Verstappen este ano, com o holandês conquistando sua nona vitória consecutiva no GP da Holanda, nesse domingo.

Comentários recentes do influente Helmut Marko, acrescentaram ainda mais lenha na fogueira, com o austríaco sugerindo em várias entrevistas em alemão que Pérez não estava cem por cento certo de assumir seu lugar em 2024, apesar de um contrato em vigor.

O retorno de Daniel Ricciardo na AlphaTauri é amplamente visto como uma audição para a vaga do mexicano na Red Bull, embora mais para 2025, e não para o próximo ano. Falando após a corrida de Zandvoort, Horner confirmou formalmente que Pérez manterá seu lugar em 2024, apesar dos comentários de Marko.

“A situação de Checo para o próximo ano é clara”, afirmou Horner. “Ele é um piloto da Red Bull Racing. Temos um acordo com ele".

“Independentemente dos acordos, estamos satisfeitos com o trabalho que ele está fazendo. Vocês viram o desempenho dele hoje, ele teve azar com o limitador de velocidade do pit lane [que custou a Pérez uma penalidade de cinco segundos que o tirou do pódio para o quarto lugar].

“Ele é o segundo no campeonato mundial, é o único piloto, além de Max, a vencer GPs este ano. É fácil vencê-lo quando o barômetro está tão alto do outro lado, mas ele será nosso piloto em 2024”.

Horner destacou que Verstappen não estava apenas dominando seu companheiro de equipe, mas também o resto do grid.

“Max está em um período de sua carreira em que ele é simplesmente intocável e não acho que haja nenhum piloto no grid que seja capaz de alcançar o que ele tem feito naquele carro”, acrescentou. “Ser seu companheiro de equipe é provavelmente, em alguns aspectos, o trabalho menos invejável de se ter, porque o sarrafo é muito alto."

“Você tem que olhar o desempenho na planilha de tempos e na folha de resultados. Se Max não estivesse lá, Checo teria vencido mais quatro ou cinco corridas. Então, ele está fazendo seu trabalho."

Massa detalha judicialização da F1 2008 ao Motorsport.com

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #244 – Que tipo de mudanças teremos na F1 após férias? 

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Wolff detona estratégia "catastrófica" da Mercedes no GP da Holanda
Próximo artigo F1: Ferrari revela traje especial de Sainz e Leclerc para Monza

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil