F1: Horner lamenta ter pedido chance de contratar Piastri para Red Bull

Australiano esteve na mira da equipe antes de chegar à Fórmula 3 e Fórmula 2 consequentemente

Oscar Piastri, Alpine F1

Christian Horner revelou que a Red Bull perdeu a oportunidade de contratar Oscar Piastri para seu programa de jovens pilotos da Fórmula 1 há alguns anos, classificando como "algo no qual me arrependo."

O campeão da Fórmula 2 de 2021, Piastri, fará sua estreia na F1 com a McLaren no próximo ano depois de se ver no centro de uma saga de contratos nos últimos meses que envolveu tanto a McLaren quanto a Alpine. Piastri subiu nas categorias de base como parte da academia da Alpine, mas descobriu que a equipe não tinha um contrato válido com ele para um assento como titular em 2023. 

Leia também:

A saga foi tema da conversa mais importante na F1 durante o verão e Horner disse anteriormente que "algo não estava bem" para que Piastri não tivesse um impulso firme com a Alpine. Durante o último episódio do podcast Beyond the Grid, Horner disse que era "difícil" para ele comentar sobre a situação de Piastri, mas disse que os contratos seriam infalíveis se tivesse sob os cuidados da Red Bull, possibilidade que aconteceu alguns anos atrás, antes do australiano ir à Fórmula 3.

"Ele pilotou pela equipe Arden na Fórmula 4 e Fórmula Renault, obviamente era um talento significativo", disse Horner.

"Houve uma oportunidade para a Red Bull olhar para ele neste momento e não escolhemos essa opção, algo do qual me arrependo. Mas o que ele conseguiu é fenomenal, na Fórmula  3 e Fórmula 2.

"Agora, se ele tivesse sido um piloto aqui, não teria como ele não estar trancado em sete chaves por um período de tempo. Como digo, não fui parte, é difícil julgar o que foi prometido, o que se cumpriu, etc. 

"Mas certamente, foi inesperado, provavelmente em várias áreas."

Piastri pilotou pela Arden, a equipe júnior fundada por Horner na F4 Britânica e a Fórmula Renault Eurocup durante 2017 e 2018. Finalmente, se juntou à academia da Renault no princípio de 2020 antes de suas vitórias consecutivas na F3 e F2.

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing

Photo by: Red Bull Content Pool

Horner disse que as consequências de Fernando Alonso em deixar a Alpine e ir para Aston Martin em 2023 havia "criado a onda que se estendeu por inúmeros assentos", que agora inclui a equipe irmã da Red Bull, a AlphaTauri.

Depois de perder o caso do contrato para manter Piastri em 2023, Alpine voltou sua concentração para contratar o atual piloto da AlphaTauri, Pierre Gasly. A Red Bull só vai aceitar liberar Gasly se tiver um substituto na fila. Seu plano para contratar o piloto da Indy, Colton Herta, se 'arquivou' depois que a FIA se negou a ceder uma exceção para uma superlicença, mas Nyck de Vries agora surgiu como candidato ao posto.

Não se acredita que a Red Bull esteja considerando algum de seus jovens pilotos existentes para uma promoção à F1 em 2023, mas Horner sentiu que seu programa, no entanto, está em boa forma.

"Seguimos investindo na juventude, temos alguns jovens geniais no programa, desde o karting até a Fórmula 4 e diante", disse Horner.

"Creio que é algo que a Red Bull está fazendo muito bem, dando a essas crianças uma oportunidade, investindo em jovens talentos e dando oportunidades de que outro modo eles não teriam.

"Isack Hadjar na Fórmula 2 este ano teve uma grande temporada de estreia. Creio que [Ayumu] Iwasa na Fórmula 2 tem sido um piloto de destaque para mim. São apenas dois dos garotos do programa.

"Liam Lawson teve um ano difícil, mas novamente, é outro talento. Dennis Hauger foi um pouco decepcionante na Fórmula 2 depois de um ano tão dominante na Fórmula 3. Mas, de novo, quanto são eles e quanto é a equipe?"

De Vries na AlphaTauri? Nova REVIRAVOLTA agita MERCADO da F1 e pode 'desbloquear' dança das cadeiras

Podcast #196 - Após recorde, qual Alonso ficará para a história da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Domenicali afirma que entrada de nova equipe na F1 não é prioridade: "Não é realmente necessário"
Próximo artigo F1: Sainz sobre Verstappen: "Ele merece o título"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil