F1 - Marko: "Turbo especial" da Honda é chave de boa performance da Red Bull na Áustria

Consultor da Red Bull explica um dos motivos da equipe ser tão forte no Red Bull Ring

F1 - Marko: "Turbo especial" da Honda é chave de boa performance da Red Bull na Áustria
Carregar reprodutor de áudio

O GP da Áustria, casa da Red Bull, é a próxima parada do calendário da Fórmula 1, e foi lá onde equipe conquistou sua primeira vitória utilizando unidades de potência da Honda, em 2019, com Max Verstappen

Enquanto em 2020 a Mercedes provou ser superior nas duas corridas de Spielberg, no ano passado Verstappen venceu o GP da Estíria e da Áustria largando da pole position. 

Leia também:

Quando questionado por que Verstappen e Red Bull são tão fortes na Áustria, o consultor da equipe, Helmut Marko, revelou um "turbocompressor" especial da Honda, que trabalha especialmente melhor na altitude, como no montanhoso Red Bull Ring que fica a 600 metros acima do nível do mar. 

"É o motor," disse Marko para a ServusTV da própria Red Bull. "E a Honda tem um turbocompressor especial, que tem uma pequena, mas decisiva vantagem na altitude, que é de 670 metros aqui, nos últimos anos.

"E isso tem sido muito importante para nós. Aqui foi onde celebramos nossa primeira vitória com motores Honda. 

"Isso foi um pouco crucial para a cooperação, especialmente porque até 2025 nós podemos recorrer a essa fonte."

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Photo by: Glenn Dunbar / Motorsport Images

O GP da Grã-Bretanha, em Silverstone, viu a Mercedes surgir de volta na briga contra Red Bull e Ferrari, com Lewis Hamilton cruzando a linha em terceiro lugar depois de uma batalha eletrizante contra Sergio Pérez, da Red Bull, e o piloto da Ferrari, Charles Leclerc. 

Mas Marko acredita que seu rival terá mais dificuldades na Estíria devido à natureza mais irregular da pista. 

"Presumo que será um pouco mais difícil para a Mercedes," ele adicionou. "Eles terão que levantar o carro. Não tem problema, eles são apenas mais lentos.

"O difícil é que você tem curvas muito rápidas, curvas muito apertadas, você tem que frear duas vezes a partir de 300km/h e encontrar a configuração correta entre aderência e aerodinâmica, isso é o crucial. 

"Mas, como eu disso, Max é o recordista de vitórias aqui, com quatro, e isso é motivador. Especialmente com a base de fãs holandeses, é eletrizante." 

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #185 - Ainda há quem resista ao halo após mais duas vidas salvas?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Após novos exames, Zhou é liberado para disputar GP da Áustria
Artigo anterior

F1: Após novos exames, Zhou é liberado para disputar GP da Áustria

Próximo artigo

F1: Disputa em Silverstone fez Pérez e Hamilton se sentirem como "nos dias de kart"

F1: Disputa em Silverstone fez Pérez e Hamilton se sentirem como "nos dias de kart"