F1: Max Wilson diz que batida de Hamilton e Verstappen foi “de corrida” e vê Red Bull à frente da Mercedes

Comentarista da F1 na Band analisou como deve ficar o campeonato após mais um incidente entre os líderes

F1: Max Wilson diz que batida de Hamilton e Verstappen foi “de corrida” e vê Red Bull à frente da Mercedes

Com nove etapas restantes na temporada 2021 da Fórmula 1, a disputa entre Lewis Hamilton e Max Verstappen segue pegando fogo, especialmente após um novo incidente entre os rivais, agora no GP da Itália. Comentarista da categoria na Band, Max Wilson espera que o nível de disputa siga muito alto, sem atos de má fé.

Verstappen e Hamilton colidiram na primeira curva após o britânico sair dos boxes. O holandês foi julgado culpado e punido com três posições no grid de largada para o GP da Rússia, mas segue na liderança, com cinco pontos a mais que o heptacampeão.

Leia também:

Max Wilson falou com exclusividade ao Motorsport.com durante o final de semana da Porsche Cup em Curitiba sobre o acidente em Monza e o que podemos esperar até o fim do ano.

Max julga que o que aconteceu na Itália não passa de um incidente de corrida, e torce para que essa rivalidade siga a mil, desde que não leve a atos de má fé

“Acidentes entre dois pilotos que estão sempre disputando muito próximos, acontece. Eu acho que enquanto não tivermos nenhuma atitude errada, de má fé, de um dos lados, não tem porque levar para o pessoal”.

“Foi um acidente de corrida. Faz parte. Eu espero que continue assim. Sou fã de uma batalha leal, que não vá para o pessoal, porque no esporte isso não é saudável e não passa uma mensagem muito boa”.

“O bom de tudo é que essa rivalidade, proximidade, vem ao longo da temporada toda. E espero que siga assim até a última corrida”.

Apesar da demonstração de forças da Mercedes em Monza, Max acredita que o GP da Itália tenha sido um ponto fora da curva e, por isso, vê a Red Bull ainda um pouco à frente.

“Particularmente em Monza, a Mercedes mostrou ser mais competitiva, mais forte, mas é muito difícil, porque não tinha como saber o quanto a Red Bull poderia ser rápida se tivesse pista livre e mais. Mas, por outro lado, Monza é uma pista muito atípica, porque todo mundo anda com muito pouco downforce, já que são muitas retas e poucas curvas”.

“Quando voltarmos para pistas normais, eu acho que a Red Bull ainda está um pouco à frente da Mercedes. Se isso vai continuar até o final do ano, é difícil de dizer, porque uma fala que a outra está evoluindo e vice-versa. Mas, no fim, todos estão trabalhando, e quem não está conseguindo melhorar é porque não está conseguindo mesmo. Não é falta de esforço, de investimento”.

“Eu acho que essa disputa será muito boa, porque são dois pilotos excelentes, assim como as duas equipes. Acho que eles estão em níveis muito parecidos, muito altos, que fica muito bonito de se ver”.

F1 AO VIVO: Verstappen e Hamilton BATEM, RIVALIDADE se acirra e Ricciardo vence com 1-2 da McLaren

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Bottas: piloto que deixou a desejar ou talento 'sacrificado'?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Norris diz que acidente entre Verstappen e Hamilton o desencorajou de atacar Ricciardo
Artigo anterior

F1: Norris diz que acidente entre Verstappen e Hamilton o desencorajou de atacar Ricciardo

Próximo artigo

F1: Ricciardo diz que tinha vitória na mão antes mesmo da batida entre Hamilton e Verstappen

F1: Ricciardo diz que tinha vitória na mão antes mesmo da batida entre Hamilton e Verstappen
Carregar comentários