F1: Mazepin lamenta críticas e "ódio" a pilotos russos: “a vida é assim”

Em entrevista a emissora de seu país, piloto envolvido em caso de assédio sexual disse que compatriotas são tratados de maneira diferente

F1: Mazepin lamenta críticas e "ódio" a pilotos russos: “a vida é assim”

No final do ano passado, Nikita Mazepin foi confirmado piloto da Haas para a temporada 2021 da Fórmula 1. Poucos dias depois, o russo se viu no centro de um caso de assédio sexual após aparecer em um vídeo apalpando os seios de uma mulher sem seu consentimento.

Apesar dos protestos de fãs da categoria nas redes sociais, a equipe norte-americana diz que o piloto aprendeu a lição e segue com sua vaga assegurada no time, enquanto a FIA e a F1 preferiram o silêncio.

Em entrevista ao programa da TV russa Match TV, Mazepin disse que recebe tratamento diferente pelo fato de ser russo, nacionalidade que para ele não é apreciada pela Fórmula 1.

Leia também:

“Existem certas razões, que não tem nada a ver com o mundo da velocidade, pelas quais eu sou tratado de forma diferente. Eu estou acostumado com as críticas e não tenho problemas com elas”, disse.

“Outros pilotos russos, todos do nível mais alto, profissionais em todas as situações, ouviram críticas que não eram merecidas. Mas a vida é assim. O fato de que russos são tratados de forma diferente não me surpreende”, completou.

“Todos os pilotos russos recebem essas críticas, esse ódio. Estou preparado para isso? É parte da vida. Se você quer correr, você precisa encarar coisas assim”, concluiu.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Quais PILOTOS da F1 tiveram os maiores SALÁRIOS de 2020 e os que ganharam ‘MIXARIA’

 

compartilhar
comentários
F1; Pérez visita pela primeira vez sede da Red Bull em Milton Keynes
Artigo anterior

F1; Pérez visita pela primeira vez sede da Red Bull em Milton Keynes

Próximo artigo

Giovinazzi: Aprender com Raikkonen é a chave para o progresso na F1

Giovinazzi: Aprender com Raikkonen é a chave para o progresso na F1
Carregar comentários