F1: Mercedes critica tratamento de Steiner a Mick: se Michael Schumacher estivesse no paddock nunca teria ousado

Chefe da Mercedes também esclareceu que se George Russell ou Lewis Hamilton não puderem correr, alemão estará no lugar deles sem “discussão”

Mick Schumacher, Reserve Driver, Mercedes-AMG

Chefe da Mercedes, Toto Wolff crê que o comportamento de Gunther Steiner teria sido muito diferente se o pai de Mick Schumacher, Michael Schumacher, estivesse presente no paddock.

Mick, que ingressou na Academia de jovens pilotos da Ferrari na temporada de 2019 e entrou na Fórmula 1 com a Haas após se sagrar campeão da F2 em 2020. Ele perdeu a vaga na equipe norte-americana após duas temporadas e se despediu da categoria, sempre com críticas pesasas do comandante da Haas.

Leia também:

Mick, que deixou a Ferrari depois de perder sua vaga na Haas, logo assinou com a Mercedes como piloto reserva.

Comentando sobre a condição de Mick após o início da temporada, seu tio Ralf Schumacher criticou Haas, dizendo que "Steiner teria uma postura diferente se Michael estivesse saudável".

O novo chefe de Mick, Toto Wolff, compartilhou dessa opinião com mais ênfase.

Em uma entrevista ao Blick, Wolff disse: "Tudo o que posso dizer é que seus pais não fizeram nada de errado em criá-lo."

"Aposto que se Michael tivesse acompanhado seu filho por dois anos [na Haas], Steiner nunca teria ousado tratar Mick assim" disse.

Esclarecendo o papel de Mick na equipe, Wolff deixou claro que se Lewis Hamilton ou George Russell não puderem competir, Mick os substituiria.

Não foi o caso da última vez em que a equipe precisou de reforços. Russell, que estava na Williams na época, foi escolhido no lugar de Stoffel Vandoorne no GP de Sakhir 2020, quando Hamilton não pôde competir devido à Covid-19. 

"Desta vez [em qualquer caso] Mick assumirá o volante", disse Wolff. "Se um de nossos pilotos for infectado pela Covid-19 ou qualquer outro motivo, Mick estará no cockpit. Fim de discussão." disse.

Ouça Massa detalhando possível judicialização do título da F1 2008 por causa do 'Crashgate'

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #224 – Inconsistência da FIA estraga o grande momento da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Wolff revela quando e como deixou de pensar na Mercedes apenas pelo lado financeiro
Próximo artigo F1: Alpine garante que Gasly e Ocon não estão chateados após acidente na Austrália

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil