Fórmula 1 GP da Austrália

F1 - Todt: "Schumacher e Verstappen têm muito em comum"

Ex-presidente da FIA falou ainda sobre a condição do heptacampeão e a vida após a saída do cargo

Michael Schumacher and Jean Todt

Falando novamente sobre a condição de Michael Schumacher, o ex-chefe da Ferrari na Fórmula 1 e ex-presidente da FIA, Jean Todt, comparou o heptacampeão com Max Verstappen, nome que vem dominando a categoria no momento.

O alemão segue sendo tratado após seu acidente de esqui em dezembro de 2013, mas não há informações sobre seu estado de saúde, e Todt é uma das poucas pessoas autorizadas a vê-lo, devido à relação nutrida entre os dois nos anos de Ferrari.

Leia também:

Em entrevista ao Corriere della Sera, Todt falou sobre os vários rumores que existem acerca do alemão: "Devemos respeitar a decisão de Corinna [esposa de Michael] e de seus filhos, de manter sua vida privada".

"Sabemos que o acidente teve consequência. Mas os que dizem saber se algo na verdade não sabem de nada. Eu sempre o visito, sua família".

Na sequência, Todt foi questionado sobre as semelhanças entre Schumacher e Verstappen: "É um piloto muito rápido e que raramente erra. É um lutador como Michael. Mas eu não conheço Max o suficiente para julgá-lo de um ponto de vista humano".

"Michael poderia parecer enraivecido durante as corridas, mas era só uma imagem que mascarava sua timidez. Na verdade, Michael era humilde, sempre duvidava de si próprio".

Jean Todt(FRA) Ferrari Sporting Director with Michael Schumacher
Formula One World Championship, Rd 13, Belgian Grand Prix, Spa Francorchamps, Belgium, 30 August 1998

Jean Todt(FRA) Ferrari Sporting Director with Michael Schumacher Formula One World Championship, Rd 13, Belgian Grand Prix, Spa Francorchamps, Belgium, 30 August 1998

Fotoğraf: Andre Vor / Sutton Images

"Inclusive quando ele teve o problema com os freios em Silverstone, nunca culpou a equipe. Não quero fazer comparações, mas ele e Max têm muito em comum".

Todt ainda falou sobre como está a vida pós-saída da FIA: "Agora tenho mais tempo livre. Me vejo como uma pessoa feliz e quero retribuir de alguma forma. Eu e meus amigos criamos o Instituto de Investigação do Cérebro e da Medula Espinhal em Paris, com mil pesquisadores. A saúde e a segurança das pessoas é a minha prioridade".

GIAFFONE opina: Verstappen não quer ter amigos e lembra Alonso, RBR vai 'liberar' Pérez

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: Treinos que valem pontos? F1 vai 'longe demais' com entretenimento?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Crise na Ferrari é uma questão de reconstrução, diz ex-presidente Luca di Montezemolo
Próximo artigo Podcast #224 – Inconsistência da FIA estraga o grande momento da F1?

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil