F1: Mercedes diz que problema de câmbio com Bottas "veio do nada"

Segundo o chefe da Mercedes, Toto Wolff, a equipe ainda precisa identificar a origem do problema antes de entender o que aconteceu

F1: Mercedes diz que problema de câmbio com Bottas "veio do nada"

A pré-temporada da Fórmula 1 da Mercedes não teve o melhor começo. Valtteri Bottas chegou a sair dos boxes, mas rapidamente precisou voltar para uma troca da caixa de câmbio no W12, o que fez com que o finlandês perdesse tempo precioso de pista. E segundo Toto Wolff, o problema no câmbio "veio do nada" e ainda precisa ser compreendido pela equipe.

Bottas conseguiu voltar à pista para os 35 minutos finais da sessão da manhã desta sexta (12), mas fez apenas seis voltas ao longo de quatro horas. Durante a tarde, o carro ficou com seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton.

Leia também:

Falando sobre a manhã da Mercedes, Wolff brincou que a equipe "não foi muito rápida", antes de explicar o problema com o câmbio.

"Não foi um bom começo, porque tivemos um problema de câmbio que veio do nada, e ainda não conseguimos identificar e entender. Então espero que a partir daqui seja mais tranquilo. Acredito que podemos nos recuperar".

"Se tivermos mais dificuldades, aí não há muito o que fazer, porque são apenas três dias".

A Mercedes sofreu no começo da sessão da tarde para recuperar o tempo perdido, com Hamilton completando apenas sete voltas nos 90 primeiros minutos. Em comparação, a AlphaTauri, que mais completou voltas, está próxima da marca de dois GPs, enquanto a Red Bull está próxima de 100 com Max Verstappen.

Em 2021 a Mercedes busca estender seu recorde de sete dobradinhas consecutivas de títulos de pilotos e construtores com o W12. No ano passado, a equipe deu as cartas na pré-temporada, dando o tom para o resto do campeonato, mas Wolff afirmou que as condições no Bahrein tornam difícil de determinar uma ordem do grid.

"Acho que teremos apenas uma imagem vaga com três dias. O Bahrein é representativo mas são dias com muito vento, as condições estão mudando a cada dia. E não sabemos a quantidade de combustível que cada um usa. Há uma diferença de performance em apenas 10kg".

"Então é uma imagem vaga, mas na primeira corrida, na classificação, saberemos melhor".

FERRARI 2021: Prestes a "IMITAR" motor da MERCEDES, equipe APRESENTA carro de 2021 de olho em 2022

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Podcast #092 – Pré-temporada de 2021 da F1 será a mais crucial da era híbrida?

 

.

compartilhar
comentários
F1: Pérez e Sainz tomam vacina contra a Covid-19 no Bahrein

Artigo anterior

F1: Pérez e Sainz tomam vacina contra a Covid-19 no Bahrein

Próximo artigo

F1 espera menor alcance com Band no Brasil e diz que Globo transmitiria meio campeonato

F1 espera menor alcance com Band no Brasil e diz que Globo transmitiria meio campeonato
Carregar comentários