F1: Mercedes insiste que não sabia que Verstappen cederia posição para Hamilton

Heptacampeão encheu a traseira do carro do holandês durante troca ordenada pela direção de prova, mas escuderia alemã disse não ter sido informada

F1: Mercedes insiste que não sabia que Verstappen cederia posição para Hamilton
Carregar reprodutor de áudio

O diretor de engenharia da Mercedes, Andrew Shovlin, disse que Lewis Hamilton não teve nenhum aviso de que Max Verstappen foi 'convocado' a deixá-lo passar durante o GP da Arábia Saudita de Fórmula 1. A dupla teve uma colisão polêmica no final da volta 38, quando o holandês respondeu a uma mensagem da Red Bull para deixar o britânico passar - um pedido de Michael Masi no controle da corrida - e fazê-lo "estrategicamente".

Ele diminuiu a velocidade na tentativa de deixar o heptacampeão ultrapassá-lo antes da última curva para que ele pudesse ganhar DRS e, portanto, potencialmente retomar a posição depois. No entanto, Hamilton fez contato com a traseira do rival.

Leia também:

No momento do impacto, o engenheiro Peter Bonnington disse a Lewis: "eles estão pedindo a Max para trocar de posição". Após a batida, o diretor esportivo Ron Meadows, o homem com quem Masi se comunica durante as corridas, ligou para o controle da corrida e disse: "Não tínhamos ideia que ele faria isso".

O diretor de provas respondeu: "Com licença, Ron, eu vim e lhe disse isso. Se você tem outros canais em funcionamento...", ao que Meadows respondeu: "Não, não, não, você me contou como aconteceu. Eu estava falando com o engenheiro na hora".

Os comissários revisaram o incidente após a corrida e deram a Verstappen uma penalidade de dez segundos, o que não fez qualquer diferença para seu segundo lugar.

Shovlin disse que Hamilton não tinha nenhum aviso prévio de que o holandês poderia tentar deixá-lo passar.

"Não tivemos tempo de falar com Lewis e ele não esperava por isso", comentou. "E olhando o vídeo, dá para ver por que Hamilton teve um problema com ele, pois Max estava bem no meio da pista que tem quase exatamente três carros de largura. Ele não tinha como saber se Verstappen estava indo para a esquerda ou direita."

"Max ficou muito central e freou forte, e Lewis estava com cerca de 50 bar de pressão de freio, e mais tarde o carro estava no limite de frenagem tentando não bater na parte de trás de Max. Foi tudo o que ele pôde fazer para pará-lo."

"Simplesmente não é onde alguém esperaria que alguém os deixasse passar, e se você está deixando seu companheiro de equipe tomar à frente, todos nós sabemos como faria isso. Se você está desistindo de uma posição, não deveria ser materialmente diferente."

F1 2021: Verstappen merecia ser DESCLASSIFICADO ou Hamilton ERROU? Tretas do GP e prévia da FINAL | RETA FINAL

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #149: Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Mercedes revela que Hamilton perdeu 0s4 por volta pós-quebra de asa na Arábia Saudita
Artigo anterior

F1: Mercedes revela que Hamilton perdeu 0s4 por volta pós-quebra de asa na Arábia Saudita

Próximo artigo

F1 - Villeneuve detona disputa entre Verstappen e Hamilton em Jeddah: "Parecia kart de aluguel"

F1 - Villeneuve detona disputa entre Verstappen e Hamilton em Jeddah: "Parecia kart de aluguel"
Carregar comentários