F1: Mercedes já decidiu segundo piloto de 2022, anuncia Wolff

Chefe da equipe revelou que escolheram entre Bottas e Russell; britânico da Williams teve exibição de gala em Spa e se classificou em segundo para GP da Bélgica

F1: Mercedes já decidiu segundo piloto de 2022, anuncia Wolff
Carregar reprodutor de áudio

Toto Wolff revelou que a Mercedes já fez sua decisão entre George Russell e Valtteri Bottas sobre quem competirá pela equipe na Fórmula 1 em 2022. A equipe analisa há vários meses quem será o parceiro de Lewis Hamilton na próxima temporada, depois de ter fechado um novo contrato de dois anos com o heptacampeão mundial no início deste ano.

O finlandês corre pela escuderia desde 2017 e ajudou o time ganhar quatro campeonatos de construtores, mas pode ser substituído no próximo ano pelo britânico da Williams, que é membro do programa de jovens pilotos da montadora alemã.

Leia também:

A Mercedes disse anteriormente que esperava tomar uma decisão na pausa de agosto, mas nenhum anúncio foi feito antes do retorno a Spa neste fim de semana.

Russell e Bottas permaneceram tímidos sobre qualquer escolha durante a coletiva de imprensa da FIA na última quinta-feira (26). Os dois pilotos disseram que "ainda não havia notícias para compartilhar".

No entanto, o chefe da equipe Wolff revelou neste sábado (28) que uma decisão já foi tomada, respondendo "sim" em duas ocasiões distintas quando a pergunta foi feita a ele e acrescentando em uma resposta: "Eu sempre fui genuíno com você."

O piloto da Williams teve uma exibição de gala na classificação para o GP da Bélgica, ao cravar a primeira fila e a segunda colocação sob chuva torrencial. Foi o melhor resultado da escuderia desde o GP da Itália de 2017.

Wolff brincou que estava "um pouco decepcionado, porque [Russell] deveria ter conseguido a pole", mas acrescentou que o desempenho não fez diferença para a visão da Mercedes sobre ele ou suas considerações.

"Acho que sabemos o que temos com George", disse o chefe. "Ele tem se destacado nas categorias juniores, tem se destacado na Williams e tem se destacado desde o Bahrein [primeira etapa do ano]. Se eu precisasse de uma prova definitiva, algo estaria errado. A decisão também considera outros fatores."

Ele também falou sobre a importância de garantir que qualquer piloto que não correr pela Mercedes no próximo ano tenha uma boa opção alternativa: "Se tivesse sido uma decisão fácil, teríamos tomado mais cedo, porque sabemos o que temos com Valtteri e sabemos o que temos com Russell."

"Ambos merecem ser cuidados da melhor maneira possível, porque os dois fazem parte da família e nós os mantemos no alto. Portanto, existem prós e contras, como acontece com qualquer formação de duplas."

"Precisamos apenas administrar bem a situação com o piloto que não estará na equipe na próxima temporada, garantir que haja um programa emocionante e, por outro lado, abordar a situação internamente como nós sempre fizemos", concluiu.

F1 2021: Verstappen é pole mas Russell BRILHA na CHUVA em Spa após BATIDA FORTE de Norris

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

TELEMETRIA: Quem vai se dar bem na segunda metade da temporada de 2020 da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Verstappen se diz “super feliz” por classificação em Spa
Artigo anterior

F1: Verstappen se diz “super feliz” por classificação em Spa

Próximo artigo

F1: Norris é liberado para correr após acidente na Eau Rouge

F1: Norris é liberado para correr após acidente na Eau Rouge
Carregar comentários