Fórmula 1 GP de Singapura

F1: Mercedes revela quais pontos travaram negociação da renovação com Hamilton

Principais pontos estavam resolvidos desde junho, mas questão menores travaram a resolução do vínculo até o GP da Itália

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG

A Mercedes revelou que o atraso na confirmação do novo contrato de Lewis Hamilton foi desencadeado, principalmente, por questões secundárias em relação à Fórmula 1, como compromissos de marketing.

Leia também:

Antes do GP da Itália, o fabricante alemão e o heptacampeão mundial encerraram meses de especulação quando anunciaram que iriam estender o vínculo um com o outro até o fim de 2025, pelo menos. Havia uma esperança de que o novo contrato fosse resolvido no início do ano, mas a questão se arrastou. O atrasou serviu para alimentar especulações de que Hamilton poderia não continuar na Mercedes, ou mesmo permanecer na F1.

No entanto, ao longo das discussões, ambas as partes insistiram que os principais elementos do acordo tinham sido implementados muito rapidamente e que as fases finais de resolução da papelada eram demoradas porque envolviam advogados.

Com o acordo finalmente encerrado, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, explicou que resolver o último acordo não foi mais difícil do que os anteriores – e foram apenas questões menores, como marketing, que levaram tempo para serem sanadas.

“Acho que Lewis e eu fomos claros sobre os termos principais em junho e julho”, explicou Wolff. “ “No final, foram as coisas sobre marketing, e não os grandes tópicos relevantes, que demoraram um pouco. Às vezes, com advogados, pode levar algum tempo, embora os nossos sejam obviamente esplêndidos".

Embora Hamilton não vença uma corrida desde 2021, ele continua sendo uma das maiores atrações da F1 e tem fé que poderá voltar ao topo com a Mercedes. A manutenção do seu compromisso com a categoria foi bem recebido pelo CEO da F1, Stefano Domenicali, que considera que é uma ótima notícia porque o britânico tem uma gama muito diversificada de fãs.

“Estou muito feliz com a decisão de Lewis”, disse Domenicali. “Ele é um piloto extraordinário e acredito que hoje tem apenas um objetivo: o oitavo título mundial. Tenho certeza que ele se sente em ótima forma, tem muita confiança na equipe e, do ponto de vista esportivo, é bom saber que ele está lá."

“Além disso, Lewis conseguiu conectar a Fórmula 1 com mundos muito diferentes, o que é, sem dúvida, uma notícia positiva para a Fórmula 1 como um todo.”

Massa detalha judicialização da F1 2008 ao Motorsport.com

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Motorsport.com debate Ferrari pós-Monza, futuro de Sainz e possibilidade de Palou na F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Painel: Massa está certo em desafiar F1 e a FIA por título de 2008?
Próximo artigo F1 - Mecanismos escondidos e peças móveis: o que causou a nova 'cruzada' da FIA contra as asas flexíveis

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil