F1 "nem considera" expandir corridas sprints a todos os GPs no futuro

Pesquisa mostrou ainda que mais de 2/3 dos fãs são contrários aos grids invertidos

F1 "nem considera" expandir corridas sprints a todos os GPs no futuro

Com os fãs expressando seu descontentamento na Pesquisa Global 2021, a Fórmula 1 declarou que "nem considera" realizar uma corrida sprint em cada GP no futuro, de acordo com o CEO Stefano Domenicali.

Os resultados da Pesquisa Global 2021, realizada pelo Motorsport Network em parceria com a F1 e a Nielsen Sports foram divulgados nesta quinta em Austin, após mais de 167 mil respostas de fãs de 187 países.

Leia também:

Até aqui, a F1 já realizou duas corridas sprints, em Silverstone e Monza, com a terceira a caminho no GP de São Paulo no próximo mês. O formato revisado do fim de semana deve ser expandido para cerca de seis eventos em 2022.

Enquanto a pesquisa apontou uma aprovação de apenas 7% de fãs, que acreditam que o formato melhora o espetáculo na F1, a rejeição representou uma massiva maioria, com 60% discordando do modelo.

Discutindo os resultados da pesquisa, o CEO da F1, Stefano Domenica, disse que enquanto a aprovação das sprints seja encorajador, é claro que não há apetite pelo formato em todos os GPs.

"O número é muito, muito encorajador. O que vemos como números, a sensação mista de fãs mais tradicionais, que estão menos felizes com a mudança, contrastando com os novos fãs, que estão felizes em ver as coisas mudando".

"É por isso que, como visto pela pesquisa, nem consideramos levar o formato a todos os GPs. Acredito que podemos criar um número fixo, diria que seis em um futuro próximo, com esse modelo, com as mudanças que consideramos junto com as equipes para melhorar a qualidade da oferta".

Lewis Hamilton, Mercedes, and Stefano Domenicali, CEO, Formula 1, on the grid

Lewis Hamilton, Mercedes, and Stefano Domenicali, CEO, Formula 1, on the grid

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

A F1 deve revisar o formato da sprint para 2022, podendo se tornar eventos isolados, que não determinam o grid de largada para o domingo como neste ano. Outro formato proposto pela pesquisa que foi visto negativamente pelos fãs são os grids invertidos, que vem circulando nos últimos anos como forma de tentar melhorar o espetáculo na pista.

Um total de 68% dos fãs disseram discordar com um formato que colocaria o mais rápido da classificação no fundo do grid, e Domenicali concordou que "claramente não há apetite" por isso.

"Sabemos que isso não é parte da discussão que temos. Então são resultados encorajadores e a tendência é confirmada por isso, as opiniões os fãs tradicionalistas versus os novos. É por isso que é muito importante encontrar o meio termo ideal".

F1 2021: Mercedes FAVORITA em Austin? Pista será um PROBLEMA? RICO PENTEADO responde | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #139 – Qual o campeonato da F1 mais emocionante do século?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 atrai público mais jovem e diverso, diz pesquisa global
Artigo anterior

F1 atrai público mais jovem e diverso, diz pesquisa global

Próximo artigo

F1: Hamilton diz que é importante "vencer cada corrida ou maximizar pontos" na luta pelo título

F1: Hamilton diz que é importante "vencer cada corrida ou maximizar pontos" na luta pelo título
Carregar comentários