F1: Norris não poupa críticas a comissários após punição em Baku

Segundo o piloto da McLaren, punição durante treino classificatório foi “injusta” e deveria ser repensada

F1: Norris não poupa críticas a comissários após punição em Baku

O britânico Lando Norris não saiu nada contente do treino classificatório para o GP do Azerbaijão de Fórmula 1 neste sábado, em Baku. Após alcançar o sexto melhor tempo do dia, o piloto da McLaren foi penalizado com a perda de três posições no grid e ainda recebeu três pontos de punição na sua superlicença. O 'gancho' ocorreu depois de o jovem de 21 anos não conseguir retornar ao pitlane durante uma bandeira vermelha no Q1.

Norris já estava na reta principal e quase na entrada dos boxes quando a sessão foi interrompida. Sem tempo hábil para decisão, o piloto acabou fazendo mais uma volta na pista antes de retornar à garagem da equipe. Na decisão divulgada depois do quali, os comissários reconheceram que Norris estava perto da entrada do box e, por isso, acabaram diminuindo a penalidade potencial de cinco para três lugares no grid.

O editor recomenda:

O britânico não ficou satisfeito com a conclusão dos comissários e afirmou não ter tido tempo suficiente para qualquer reação. “Na minha opinião, não acho que fiz nada errado”, disse. “É difícil, porque na velocidade em que guiamos, devemos tomar uma decisão rápida. Qual é a melhor coisa e a mais segura a fazer? Eu sinto que o que fiz foi exatamente a coisa mais segura a ser feita”, seguiu o piloto da McLaren.

Sem papas na língua, Norris ainda criticou a falta de ‘empatia’ dos comissários: “Em certas situações, eles devem pensar como é estar no banco do piloto, em como precisamos reagir na velocidade em que estamos guiando, no tempo que temos de reação às coisas, e assim por diante”, criticou o competidor. “Para algumas situações, eles devem realmente repensar o que está acontecendo, se o piloto fez algo errado e assim por diante", ponderou.

Com a nona colocação do grid, o representante da McLaren volta suas atenções à corrida deste domingo. Terceiro lugar no campeonato, o britânico não quer perder o foco mesmo após a confusão deste sábado.

“Não deveria estragar meu domingo por causa disso. Como eu disse, na minha opinião, é uma decisão ruim, ou apenas uma penalidade injusta, uma decisão injusta. Porém, é assim que está, não posso fazer nada a respeito", completou Norris, terceiro no campeonato de 2021.

F1 2021: Assista ao debate sobre TUDO da classificação para o GP DO AZERBAIJÃO, em Baku | Q4

Podcast TELEMETRIA recebe Rico Penteado para fazer 'prévia' do GP do Azerbaijão:

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Alonso diz que é "injusto" que pilotos que causam bandeiras vermelhas mantenham posições no grid

Artigo anterior

F1: Alonso diz que é "injusto" que pilotos que causam bandeiras vermelhas mantenham posições no grid

Próximo artigo

F1: Como Hamilton se recuperou de treinos desastrosos em Baku

F1: Como Hamilton se recuperou de treinos desastrosos em Baku
Carregar comentários