F1: Pódio em Ímola ainda impressiona Norris pelo ritmo da McLaren em 2022

Mas britânico elogia evolução da McLaren em comparação com o começo do ano, destacando a briga com a Alpine pela quarta posição no Mundial

Lando Norris, McLaren, 3rd position, on the podium with his trophy

Lando Norris conquistou o único pódio da McLaren na Fórmula 1 em 2022 até aqui, com um terceiro lugar no GP da Emilia Romagna, atrás de Max Verstappen e Sergio Pérez. E o resultado em Ímola surpreende o britânico até agora, devido ao ritmo do MCL36 até aqui no campeonato.

Na sexta-feira, Norris havia se classificado em terceiro com pista molhada, ficando a menos de dois décimos da pole. Na sprint do sábado, foi o "melhor do resto", terminando atrás das Red Bulls e das Ferraris, na quinta posição.

Leia também:

Em entrevista ao Motorsport.com com uma análise da temporada até aqui, Norris admite que ainda não entende como que conseguiu terminar em terceiro naquela prova, devido ao ritmo do carro da McLaren.

"Eu ainda não sei como que fizemos um pódio com o carro que temos! Ainda me surpreende, considerando o quão mais rápidos os outros carros eram. Pensando agora, acho que é um dos meus melhores pódios".

"Na classificação no molhado, foi uma volta incrível, mas quando você vê a velocidade da Alfa Romeo, sendo meio segundo mais rápida que eu na corrida... Se fizéssemos uma corrida apenas no ritmo, eu teria sido 15º! Mas acabei no pódio".

"Isso torna as coisas melhores. É bom ver que melhoramos, estamos indo na direção certa e isso te motiva, te dá mais esperança, e é algo para pensarmos no futuro. Definitivamente foi algo bom e é ótimo ver a situação mudando rapidamente".

Lando Norris, McLaren MCL36

Lando Norris, McLaren MCL36

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Norris tem sido bem aberto sobre a necessidade de ajustar seu estilo de pilotagem para o MCL36, que também tem se mostrado complicado para Daniel Ricciardo. Mas enquanto Norris admite que o ano da equipe tem sido de altos e baixos, ele está impressionado com o fato de ainda estarem mantendo viva a luta contra a Alpine pela quarta posição no Mundial de Construtores.

"Considerando que estávamos em quinto, me surpreende que estamos em quarto, à frente da Alpine, sendo que Fernando estava lutando pela pole na Austrália. No começo do ano, eles tinham um carro bem forte. O problema é que cometeram alguns erros e Fernando teve uma falha ou algo do tipo".

"Nós fizemos um bom trabalho também, ignorando o carro. No geral, todo o resto foi um bom passo na temporada, com estratégias, pitstops. Tivemos as três paradas mais rápidas nas primeiras corridas. Em outras áreas em que podemos melhorar, acho que estamos fazendo um bom trabalho".

PODCAST: É o fim da linha para Ricciardo na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Porsche registra nova marca relacionada a Fórmula 1
Próximo artigo F1: Por que Mercedes evitou reformulação no W13 apesar de dificuldades iniciais

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil